• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Jabaotão Primeiro dia útil de mudanças no TI de Cavaleiro gera insatisfação e protesto

Publicado em: 17/07/2017 08:21 Atualizado em: 17/07/2017 08:34

Os usuários do transporte coletivo que TI Cavaleiro, em Jaboatão dos Guararapes vivem um dia de transtorno nesta segunda-feira, primeiro dia útil após as mudanças realizadas pelo Grande Recife Consórcio de Transportes. 

Desde o sábado passado, os 4,5 mil usuários que circulam pelo têm o acesso aos ônibus e ao metrô, exclusivamente, com o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) Trabalhador, Estudante, Livre Acesso ou Comum. A integração temporal será ampliada para aumentar os benefícios aos usuários que desejam integrar fora do Terminal, de acordo com o Grande Recife Consórcio de Transportes.

Com a medida, os motoristas, fiscais e cobradores se queixam que perderam a gratuidade das passagens. Insatisfeitos, os trabalhadores ligados ao Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco realizaram um protesto, bloqueando a passagem dos coletivos no terminal. Após um acordo, a categoria liberou o TI por volta das 8h30. O Grande Recife informou que os problemas enfrentados por alguns usuários, que tiveram as passagens cobradas duas vezes, também estariam sendo resolvidos.

Com a mudança,  O embarque nas seis linhas operadas no terminal, atualmente realizado pelas portas traseiras e do meio dos veículos, passa a ser, obrigatoriamente, pela porta dianteira dos ônibus, ou seja, com o usuário passando o VEM no validador e girando a catraca, mas sem que seja debitada uma nova tarifa no segundo embarque. As seis linhas realizarão integração temporal com outras 15. Além dos passageiros do TI Cavaleiro que podem realizar integração temporal com o metrô, os usuários que utilizam essas seis linhas em outros locais também terão acesso ao benefício, tanto para integrar com o metrô como com as 15 outras linhas. A mudança será testada e, caso seja bem sucedida, poderá ser ampliada para outros Terminais Integrados. Os usuários que saem do metrô e têm como intenção uma das seis linhas do Terminal e os que desembarcam de uma dessas linhas e querem seguir para o metrô deverão usar o VEM para realizar a integração. 

INTEGRAÇÃO TEMPORAL
A integração temporal permite que o usuário utilize os dois modais ou duas linhas de ônibus pagando apenas uma passagem, dentro do intervalo de 2 horas, mediante uso do VEM. É importante lembrar que a integração temporal só é possível com o cartão VEM. Os usuários que pagarem a passagem em dinheiro não terão como realizar a integração sem o pagamento de uma nova tarifa.

Para comunicar os usuários das mudanças, o Grande Recife se reuniu com as comunidades Bairro do Socorro, Quitandinha Nova Esperança, Vila Dois Carneiros, Alto do Vento, Zumbi do Pacheco e Alto Dois Carneiros e os respectivos líderes comunitários, que receberam gratuitamente 20 cartões VEM Comum, para serem repassados aos usuários. Além disso, mil cartões serão distribuídos pelos cobradores das linhas que atendem ao terminal. O Consórcio também reforçou a divulgação da mudança através de cartazes e folders, compartilhados nas seis linhas, no Terminal e no metrô.

Linhas que atendem o Terminal Integrado Cavaleiro

149 – Zumbi do Pacheco/TI Cavaleiro
220 – TI Jaboatão/TI Cavaleiro
244 – Alto do Vento/TI Cavaleiro
245 – Dois Carneiros/TI Cavaleiro
255 – Quitandinha/TI Cavaleiro
256 – Loteamento Nova Esperança/TI Cavaleiro

Linhas que realizarão integração temporal com as linhas do TI Cavaleiro

021 – TI Joana Bezerra/Shopping RioMar
101 – Circular (Conde da Boa Vista/Rua do Sol)
102 – Ibura/TI Santa Luzia
104 – Circular (Imip)
106 – Parque Aeronáutica/TI Santa Luzia
107 – Circular (Cabugá/Prefeitura)
108 – Barro/Ceasa
116 – Circular (Príncipe)
117 – Circular (Prefeitura/Cabugá)
202 – Barro/Macaxeira (Várzea)
204 – Loteamento Jiquiá/TI Santa Luzia
206 – TI Barro/TI Prazeres
207 – Barro/Macaxeira (BR-101)
216 – TI Barro/TI Cajueiro Seco
914 – PE-15/Afogados


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.