• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Manifestação Taxistas fazem carreata contra atuação de motoristas por aplicativos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 19/06/2017 07:53 Atualizado em: 19/06/2017 09:44

Foto: Thalyta Tavares/ Esp. DP
Foto: Thalyta Tavares/ Esp. DP
Taxistas de toda Região Metropolitana do Recife fazem uma carreata nesta segunda-feira em protesto contra motoristas que trabalham usando Uber e outros aplicativos de celular. Os motoristas se concentraram em frente ao Classic Hall, de onde seguirão em cortejo em direção ao Fórum Rodolfo Aureliano, na Ilha de Joana Bezerra. O trânsito para quem segue da PE-15 em direção ao Recife está parado. Os taxistas ocuparam uma faixa da com os táxis pardos em fila.

Os manifestantes esperam a chegada de mais carros de outros municípios para iniciar o trajeto, pela Avenida Agamenon Magalhães. Motoristas de Olinda, Paulista, Recife, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata, Carpina e Ipojuca já particupam do ato.

"Não somos contra tecnologia, mas sim contra a clandestinidade. Vários motoristas estão se aproveitando para atuar como taxista sem a regulamentação que é exigida para nós", disse Valmir Texeira da Silva da Frente dos Taxistas de Pernambuco.

Desde a última quinta-feira, ofícios convocando a categoria foram distribuidos pelas cooperativas de táxi para mobilizar a categoria. No Recife, táxis passaram a semana circulando com parábrisa traseiro pintado anunciando o protesto. Segundo o presidente da Cooperativa Rádio Táxi, de Ipojuca, Carlos Nunes, o ato será pacífico. “Vamos fazer um movimento tranquilo, sem confusão. Queremos chamar a atenção do judiciário de que há motoristas circulando com liminares, que já deveriam ter caído”, diz.

Esse será o segundo protesto que a categoria promove este ano. Em janeiro, taxistas fizeram carreata até o Palácio do Campo das Princesas para chamar a atenção da situação e pedir que a prefeitura do Recife adotasse medidas para coibir o transporte de passageiros em veículos chamados por meio de aplicativo de celular. No ano passado, eles realizaram vários atos na cidade, fechando ruas e cobrando providências ao poder público.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.