• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Protesto Vigília por políticas públicas para soropositivos A 12ª edição do Candlelight ('a luz de velas') do Recife aconteceu no bairro da Boa Vista

Publicado em: 19/05/2017 19:10 Atualizado em: 19/05/2017 19:57

 (Peu Ricardo/DP)
Uma vigília, que teve início às 15h desta sexta-feira, lembrou os 600 mortos em decorrência da aids em 2015 no estado. Os manifestantes protestaram ainda por políticas públicas para os soropositivos de Pernambuco. Por volta das 18h, os participantes do ato acenderam velas na 12ª edição do Candlelight ('A Luz de Velas'), que acontece em 150 países do mundo. Na capital pernambucana, o evento é realizado desde 2006.

"A prevenção ainda tem muitas lacunas no estado. Não estão sendo realizadas campanhas de conscientização. Além disso, faltam leitos especiais nos hospital, falta corpo médico capacitado. Em alguns hospitais, faltam medicamentos", pontuou Jair Brandão, da ONG Gestos.

Com faixas, cartazes e carro de som, o grupo de manifestantes foi até o Palácio da Campo das Princesas, onde entregou uma carta pedindo a sensibilização do poder público e destacando a necessidade de ampliar os investimentos e pesquisas sobre o vírus HIV. "Além de faltar remédio em alguns locais, temos relatos de medicamentos vencidos", disse o membro da Articulação Aids em Pernambuco Fábio Correia. 

Sobre a falta de medicamentos denunciada no protesto, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que vem trabalhando com o intuito de qualificar o abastecimento dos medicamentos antirretrovirais nas unidades de saúde pernambucanas. "Uma série de adequações já foram realizadas, com a implantação de uma coordenação para atuar especificamente na distribuição desses insumos e o remanejamento de recursos humanos. Esse trabalho vem permitindo a otimização na entrega e o efetivo abastecimento dos 37 serviços de assistência especializadas e mais de 50 maternidades que fazem a entrega das mais de 30 apresentações dos 21 itens que compõem o rol de medicamentos antirretrovirais", respondeu o órgão por meio da assessoria de comunicação.

 (Bruna Monteiro/Esp.DP/Arquivo)
Números:
Em todo o Brasil, 112 mil pessoas não sabem que têm o vírus HIV

A cada 1 mulher vivendo com aids, 2 homens vivem com a doença no país

Entre os jovens de 20 a 24 anos, a razão é de 1 para 3

43% dos jovens convivendo com aids não fazem tratamento

Pernambuco é o 9º estado brasileiro em taxa de detecção de aids no Brasil

525 casos de aids foram registrados em Pernambuco em 2016

1.323 casos de HIV foram registrados em Pernambuco em 2016

Aids no Recife
9,1 mil casos notificados entre 1984 e 2016
935 casos notificados de 2014 a 2016
O grupo etário mais atingido é o de 35 a 49 anos

Perfil do público mais atingido
Homens, homossexuais ou bissexuais, em relação desprotegida

HIV
De junho de 2014 a novembro de 2016
1.106 pessoas infectadas pelo vírus HIV

Fontes: Secretaria de Saúde do Recife (Sesau), Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE)

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.