• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Neste sábado Ex-alunos, professores e diretores celebram 100 anos do Colégio Nóbrega Evento acontece a partir das 9h no Santuário de Nossa Senhora de Fátima. Ex-profesores, ex-funcionários e ex-diretores participarão da festa

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 17/03/2017 07:11 Atualizado em: 17/03/2017 09:56


Uma programação especial neste sábado (18) vai marcar as comemorações pelo
centenário do antigo Colégio Nóbrega. Os eventos foram planejados durante
meses pela associação de ex-alunos com apoio da Unicap e pretende reunir
representantes de diversas gerações. A partir das 9h, no Santuário de Nossa
Senhora de Fátima, haverá uma missa celebrada pelo Reitor da Unicap, Pe.
Pedro Rubens; e pelos ex-diretores padres Darli Almeida e Pedro Vicente. Os
demais jesuítas da comunidade também irão co-celebrar.

Durante a missa haverá homenagens a ex-diretores, ex-professores,
ex-funcionários e ex-alunos, incluindo Antonio Câmara Lima e Diógenes
Moraes (ex-professores); e Eduardo Nilton Agra Galvão; Antonio Queiroz
Galvão; Cyro de Andrade Lima; Enio Laprovítera; Fernando Coelho; Germano
Coelho; Marco Antonio de Oliveira Maciel; Mair Castro Cavalcanti; e Roque
de Brito Alves (ex-alunos).

Em seguida, haverá uma sequência de apresentações culturais e esportivas.
Atletas masters que defenderam durante anos as cores do Colégio irão
organizar partidas de handebol e futsal no pátio onde hoje funciona o Liceu
Nóbrega. Já a parte musical ficará a cargo do DJ Piruboy e das bandas
Radiola 80 e Reconquista (pagode), além da voz e violão de Bruno Meireles
que tem no seu repertório canções dos Beatles. Bruno é filho do
ex-professor Ausgutinho Meireles.

A celebração dos 100 anos do Nóbrega vai além da saudade do colégio que
formou milhares de cidadãos e cidadãs que contribuem para o desenvolvimento
de Pernambuco e até mesmo do Brasil. O momento é também de olhar o futuro
com a esperança alimentada por projetos que já estão fazendo a diferença
para muitos jovens no atual Complexo Nóbrega. Um deles é o Liceu, que foi
transferido da Praça da República e passou a ocupar parte das dependências
do antigo colégio jesuíta.

Aliás, o compromisso com a promoção social se faz presente também através
do Fé e Alegria. O movimento de educação popular reforça o aprendizado de alunos e alunas do Ensino Médio e tem ajudado muita gente a ter sucesso nos vestibulares e no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A edificações do Complexo Nóbrega também abrigam a sede do Instituto do Patrimônio Histórico
e Artístico Nacional em Pernambuco (Iphan - PE) e o Museu de Arqueologia da Universidade Católica de Pernambuco, considerados um dos mais modernos do Norte e Nordeste.

*História* - Fundado em 19 de março de 1917, o Colégio Nóbrega fazia parte da missão da Companhia de Jesus. Seu nome foi em homenagem a Manuel da Nóbrega, jesuíta português com relevantes ações evangelizadoras na América. O nome dele também batizou a faculdade que deu origem à Unicap.

*Pioneiros* - A primeira equipe do colégio contava com seis padres, seis irmãos leigos e um estudante jesuíta. Inicialmente foram matriculados 93
alunos.

*Curiosidades* - As primeiras aulas do Colégio Nóbrega aconteceram no Palácio da Soledade. Apenas em 1924 é que foi iniciada a construção do prédio da Avenida Oliveira Lima. Somente em 1993, foi erguido novo prédio exclusivamente para aulas das turmas do ensino médio. O colégio tinha
capacidade para três mil alunos, mas encerrou suas atividades com 644 estudantes.

*Mudanças* - Em 89 anos de existência como colégio, o Nóbrega iniciou suas atividades para o ensino voltado exclusivamente para homens. Somente nos anos 70 tornou-se uma instituição mista.

*Santuário* - No interior do Colégio Nóbrega foi erguida a Capela de Nossa Senhora de Fátima, a primeira igreja na América Latina construída em homenagem à Virgem. Projetada pelo arquiteto francês Georges Mounier, tem forma de cruz latina, em estilo semigótico adaptado à arquitetura
moderna. Sua pedra fundamental foi lançada no dia 13 de outubro de 1933 e o templo concluído dois anos depois. Permanece recebendo devotos de toda parte para missas e celebrações. Em 2010, a Capela foi tombada pelo governo do Estado de Pernambuco. Recebeu, posteriormente, o título de Santuário Arquidiocesano.

*Lema* - A educação moral e religiosa sempre norteou o projeto pedagógico da instituição jesuíta e tinha como lema a frase: "Em tudo amar e servir".

*Personalidades* – Entre os milhares de estudantes que passaram pelo Nóbrega, alguns se tornaram personalidades de destaque para Pernambuco e para o Brasil entre eles estão: Paulo Câmara (governador de PE); Marco Vinícios Vilaça (Ex-presidente da Academia Brasileira de Letras); Marco
Antonio Maciel (ex-senador); Humberto Costa (senador); Roberto Magalhães (ex-governador de Pernambuco); Alceu Valença (cantor); Armando Monteiro Neto (senador); Aramis Trindade Sobrinho (ator); José Paulo Cavalcanti Filho (advogado,escritor); Leopoldo Raposo (Presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco); Roque de Brito Alves (advogado criminalista); Eduardo Queiroz Monteiro (empresário).




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.