• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Exame Após provas do SSA, feras da UPE vivem a espera pelo listão O listão será liberado até segunda-feira

Por: Mariana Fabrício - Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/01/2017 07:21 Atualizado em: 11/01/2017 07:25

As provas de biologia, química, história, geografia e sociologia desafiaram os estudantes do ensino médio no segundo dia do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE). Os alunos do primeiro ano participaram do processo na parte da manhã, das 8h15 às 12h15, e aqueles que cursam o segundo ano, no horário da tarde, das 14h15 às 18h15. Ao todo foram 46 questões da avaliação que aconteceu em 35 locais de prova espalhados pelo Recife, Nazaré da Mata, Caruaru, Petrolina, Serra Talhada, Garanhuns, Palmares, Arcoverde e Salgueiro. O listão será liberado até segunda-feira.

O total de abstenções no SSA 2 foi de 9,30%, representando 1.343 feras a menos nos locais de prova em relação ao 14.434 que se inscreveram. Um total 2.404 mil estudantes faltou à segunda fase, 12,40% daqueles 19.388 que iriam participar do processo de seleção. 

Já o Recife, que reúne a maior quantidade de participantes, apresentou 10,49% de faltas no SSA 1 e 7,17% de faltas na segunda fase da avaliação. Foi registrada apenas uma eliminação, no Erem Professor Adauto Carvalho, no município de Serra Talhada. O estudante, que chegou para fazer a prova da primeira fase, estava com o celular dentro do prédio, o que é proibido segundo o edital da seleção. O desempenho individual dos alunos será divulgado até 17 de março de 2017 no site da instituição.
 
Para a estudante Clara Diniz, 16 anos, acompanhar o desempenho a cada ano em todas as disciplinas auxilia na hora da escolha. “Nas provas de ontem senti maior dificuldade nas exatas e hoje aposto em história e sociologia como minhas melhores matérias. É bom ter esse retorno a cada ano para acompanhar nossa evolução”, comenta.

De acordo com análise dos professores, as provas do segundo dia ficaram dentro do esperado e contemplaram os assuntos vistos nos anos letivos. Segundo os docentes, o conteúdo não costuma acumular e para cada ano é apresentado aquilo que foi visto na série correspondente. “O nível da prova realmente vislumbrou a maturidade cognitiva dos alunos. Para muitos, esta é a primeira experiência no vestibular e a prova estimulou a estudar ainda mais nesse triênio. Em especial, a prova de química contou com uma maior contextualização ajudando aqueles alunos que puderam realizar experimentos comprovando a teoria ensinada em sala de aula”, constata a professora de química do Colégio Boa Viagem, Tatiana Marques.

A aproximação do conteúdo de química, que não era observada nas provas anteriores da UPE foi vista como positiva para os alunos, que esperavam uma prova mais direta e que aborda maior parte do conteúdo. “Uma das questões do SSA eu pude vivenciar no laboratório da escola e isso ajudou na hora de resolver a questão porque ficou mais fácil de lembrar do que se faz na prática. Os experimentos ajudam bastante neste sentido”, afirma Maria Eduarda Coutinho, 16 anos, que pretende cursar psicologia.
 
Outra característica das provas apontadas pelos docentes foi a regionalização, usada nas disciplinas de história e sociologia. “O caráter regional está bem presente nas provas da universidade, que utiliza bastante características de Pernambuco como a herança cultural. Este ano estiveram presentes a herança cultural de matriz africana e indígena, manifestações folclóricas e religiosas, o próprio frevo. Isso apresenta o nosso estado e suas típicas origens aos estudantes”, pondera o professor de sociologia Luiz Neto.

A expectativa pelos resultados
A UPE anuncia hoje a data de divulgação do listão com os 1.730 aprovados do SSA 3. A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos (CPCA) preferiu não liberar o resultado durante a aplicação da primeira e segunda fases do SSA. Ao todo foram 11.503 inscritos na terceira etapa do Seriado. O prazo final dado pela instituição é até 16 de janeiro, próxima segunda.

O presidente da Comissão Ernani Martins, conta que desde o começo deste ano o processo de correção foi finalizado e a equipe ficou empenhada em revisar para somente depois processar todas as notas. “Por enquanto vamos nos concentrar em finalizar todas as etapas e só assim divulgar para os estudantes quando eles saberão dos resultados, que primeiramente vão ser expostos no prédio na Universidade e só depois divulgados na internet”, explica.

Os 10,4 mil participantes do SSA 3 fizeram as provas em novembro. Cerca de 1.175 sofreram ponto de corte, não atingindo o mínimo necessário da maior nota do curso pelo qual concorre ou tirando zero em uma das disciplinas. As provas das duas primeiras fases do Seriado foram adiadas devido às ocupações estudantis em escolas públicas. Dez prédios de escolas particulares foram cedidos para a aplicação.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.