• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Luto Morre maior sacerdote das religiões de matrizes africanas de Pernambuco Pai Paulo Braz Ifátòógún estava com 75 anos e morreu em decorrência de um derrame

Publicado em: 29/12/2016 22:20 Atualizado em: 29/12/2016 22:21

O babalorixá Paulo Braz. Foto: Facebook/Reprodução (O babalorixá Paulo Braz. Foto: Facebook/Reprodução)
O babalorixá Paulo Braz. Foto: Facebook/Reprodução

O povo de terreiro de Pernambuco está de luto. Na noite dessa terça-feira, o maior sacerdote das religiões de matrizes africanas do estado, o Pai Paulo Braz Ifátòógún, morreu. Mestre da língua Yorubá, era o único a falar com fluência a língua viva dentro dos terreiros. Pai Paulo, neto de Pai Adão, chegou a ser reconhecido como grande baluarte da tradição africana no Brasil em um encontro com o Rei de Oyó na Nigéria.

O corpo foi velado na quarta-feira no terreiro Ilé Iyemojá Ògunté, em Água Fria. O enterro foi nesta quinta, às 11h, no Cemitério de Santo Amaro. O babalorixá, que tinha 75 anos, sofreu um derrame e estava internado em um hospital de João Pessoa, na Paraíba, desde o último dia 19.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.