• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Um ano depois Cais do Imperador será inaugurado em um mês Secretaria de Meio Ambiente do Recife já assinou contrato com a cafeteria que vai gerir o espaço

Por: Anamaria Nascimento

Publicado em: 08/07/2016 07:35 Atualizado em: 08/07/2016 08:26

Prevista para ficar pronta em janeiro deste ano, a  Eco-Turistico do Cais Imperador deve ser entregue até agosto. Foto: Peu Ricardo/Esp.DP
Prevista para ficar pronta em janeiro deste ano, a Eco-Turistico do Cais Imperador deve ser entregue até agosto. Foto: Peu Ricardo/Esp.DP

Um ano depois de começar a ser construída e após mais de seis meses de atraso da entrega, a Estação Ecoturística Cais do Imperador, localizada em frente à Praça Dezessete, na Avenida Martins de Barros, bairro de Santo Antônio, ganhou novo prazo de entrega. Inicialmente prevista para ficar pronta em janeiro deste ano, a estação deve ser entregue até agosto. Na semana passada, a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife assinou um contrato com a cafeteria Deltaexpresso, que vai assumir a gestão do espaço.

O cais, construído nas ruínas de um antigo píer criado para receber o imperador Dom Pedro II em 1859, durante visita a Pernambuco, foi transformado em um espaço de convivência banhado pelo Rio Capibaribe com praça, anfiteatro, centro de informação e área para o café. De acordo com o secretário executivo de Unidades Protegidas do Recife, Romero Pereira, 99% das obras da parte que competem à Secretaria de Meio Ambiente estão concluídas. “De nossa parte só falta a instalação de lâmpadas da área externa, que devem chegar em até 15 dias. Além disso, falta o Delta instalar o que compete à iniciativa privada, ou seja, a área do café”, explicou.

No contrato assinado entre a secretaria e a Deltaexpresso, o prazo de instalação do café é de até 60 dias. “Caberá à empresa pagar um aluguel à prefeitura e cuidar de toda a manutenção do espaço, mantendo os bancos, jardins e fazendo a segurança do local”, afirmou Pereira. Atualmente, a segurança do cais é feita de forma provisória pela Brigada Ambiental, da Guarda Municipal do Recife.

O Cais do Imperador será um espaço de convivência com 598 metros quadrados, sendo 135 m2 para o anfiteatro (palco de apresentações rodeado por uma escadaria que servirá como arquibancada), 62 m2 de praça e 98 m2 do café com telhado verde. O teto tem um espaço de 120 m2 e pode ser visto pelas pessoas que passeiam na calçada. O telhado verde será formado por dois tipos de gramas de mata ciliar, uma mais curta e outra mais arbustiva.

O espaço turístico conta ainda com um projeto luminotécnico, com 143 pontos de luz de LED espalhados nos degraus da escada e três totens de iluminação. Além disso, os banheiros públicos, o guarda corpo e as plantas também contam com iluminação, incentivando o uso do espaço à noite.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.