• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Aniversário Os 103 anos da UFRPE

Por: Thais Arruda - Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/10/2015 20:03 Atualizado em:

Foto: Cecília de Sá Pereira/Esp. DP/D.A. Press
Foto: Cecília de Sá Pereira/Esp. DP/D.A. Press
A Universidade Federal Rural de Pernambuco comemora 103 anos da fundação dos seus primeiros cursos de graduação. Para celebrar a data, será realizada, neste domingo, uma Missa de Ação de Graças no Mosteiro de São Bento, em Olinda, às 10h. O local foi escolhido por ter sido cenário para os primeiros alunos dos cursos de Agricultura e Medicina Veterinária da turma de 1912.

A UFRPE surgiu em 3 de novembro do mesmo ano, quando um grupo de beneditinos se uniu para realizar o sonho de investir na educação superior voltada para a àrea do campo. A primeira Aula Inaugural das Escolas de São Bento foi realizada em 1º em fevereiro de 1914, após curso preparatório que envolveu uma equipe de monges-professores e futuros alunos.

A proposta educacional tinha como principal objetivo estimular nos jovens pernambucanos o gosto pelas atividades agropastoris, favorecendo a economia regional com a atividade. Daquela forma, seria possível atender aos anseios republicanos da época e dar visibilidade ao Mosteiro. Após mais de um século de história, a universidade ocupa lugar de destaque em formação de profissionais, realização de pesquisas de ponta e promoção de atividades de extensão em Pernambuco. Os beneditinos permaneceram na direção até 1936, época da estatização da Escola Superior de Agronomia São Bento, uma vez que a Escola Superior de Medicina Veterinária havia encerrado suas atividades em 1926. Com a Estatização, novos caminhos foram trilhados, agora sob a regência do Estado, e a Escola recebeu nova denominação: Escola Superior de Agricultura de Pernambuco (ESAP).

A UFRPE conta atualmente com unidades acadêmicas espalhadas por Dois Irmãos, Garanhuns, Serra Talhada, Cabo de Santo Agostinho, além de cursos de educação a distância. São 54 cursos de graduação e 48 de pós-graduação na instituição que possui comunidade universitária de cerca de 18 mil estudantes, mais de 1200 professores e mais de mil técnicos-administrativos.  A comemoração continua na terça-feira, a partir das 14h, para solenidade de homenagem aos servidores da UFRPE aposentados no ano de 2015 e concerto comemorativo com o Coro da universidade. No turno da noite, às 19h, a programação é ilustrada pela palestra UFRPE: 103 Anos de História Transformando Vidas, a ser ministrada pela reitora e professora Maria José de Sena. Para terminar a noite haverá corte e degustação do bolo de aniversário centenário.
 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.