• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Defesa dos animais Cavalo abandonado agoniza em Caetés I A Prefeitura de Abreu e Lima informou que encaminhou veterinários para avaliar o estado do animal assim que soube do fato

Publicado em: 31/07/2015 16:49 Atualizado em: 31/07/2015 20:18

Foto: WhatsApp/Cortesia
Foto: WhatsApp/Cortesia

Moradores de Caetés I, em Abreu e Lima, denunciam o descaso da gestão municipal com animais em situação de abandono. Um cavalo agoniza na Rua D, nas proximidades do supermercado Hiperbom, desde as 6h desta sexta-feira. O equino está com escoriações pelo corpo. Ligações teriam sido feitas para a Prefeitura de Abreu e Lima, mas nenhum órgão teria socorrido o animal.

"Eu liguei e eles disseram que não tem local para recolher o cavalo. Disseram que a única coisa que podem fazer é recolher o corpo quando ele morrer. É um absurdo. Ele está vivo. Está sofrendo. Pegando sol e chuva. Alguém tem que fazer alguma coisa", denunciou uma internauta que preferiu não se identificar através do WhatsApp do Diario (81 98181-1818).

A Prefeitura de Abreu e Lima informou que a Vigilância Sanitária do município soube do cavalo ainda à tarde e, de imediato, encaminhou veterinários para avaliar o estado de saúde do animal. Até as 20h, ainda não se sabia qual a gravidade do caso. Segundo a gestão, realmente não há espaço na cidade dedicado ao tratamento de animais em situação de rua, mas, caso haja possibilidade de salvação, o cavalo de Caetés I poderá ser conduzido para algum órgão de atendimento do Recife.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.