• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Tesouros urbanos Gabinete Português de Leitura: um centro cultural quase centenário Acervo de aproximadamente 85 mil livros, entre eles obras raras, estão no local

Por: Anamaria Nascimento

Publicado em: 03/03/2015 11:00 Atualizado em: 03/03/2015 13:17


A entidade cultural fica na Rua do Imperador Dom Pedro Segundo e sela a amizade entre Brasil e Portugal ( Paulo Paiva/DP/D.A.Press)
A entidade cultural fica na Rua do Imperador Dom Pedro Segundo e sela a amizade entre Brasil e Portugal
Todos os dias, os funcionários do Gabinete Português de Leitura de Pernambuco veem pedestres fazendo o sinal da cruz ao passar em frente ao prédio. Muitos acreditam que estão diante de uma igreja. Na verdade, o imóvel, que ocupa o número 290 da Rua Imperador Dom Pedro 2, abriga uma das mais antigas entidades culturais do estado. O Gabinete Português de Leitura, no Centro do Recife, é o segundo local explorado pela série Tesouros urbanos, que o Diario publica em homenagem aos aniversários de 480 anos de Olinda e 478 anos do Recife.

Responsável pelo acervo de aproximadamente 85 mil livros do gabinete, a bibliotecária Sílvia Carvalheira será a guia pelos corredores do imóvel de paredes cor ocre. “O objetivo inicial deste espaço era unir os portugueses residentes em Pernambuco. Hoje, além disso, prestamos um serviço à cidade, oferecendo espaços para estudo e de leitura”, destaca.

Símbolo da amizade

Desde 1921, o Gabinete de Leitura Português de Pernambuco está instalado em sede própria. O edifício de três andares, que começou a ser construído no início de 1909, tem como objetivo estreitar os laços entre Portugal e o Brasil por meio de debates, exposições e cursos.

O salão nobre
 ( Paulo Paiva/DP/D.A.Press)
O salão nobre do Gabinete Português de Leitura, no primeiro pavimento do prédio, é o espaço mais pomposo do imóvel. Nesse espaço, são realizadas solenidades, comemorações, seminários, conferências, lançamento de livros, exposições fotográficas e projeção de filmes portugueses.

As obras raras

O destaque do acervo do "História dos 100 Anos da Câmara" é a coleção de obras raras, com edições de livros dos séculos 17, 18 e 19. Manuscritos de um capítulo do romance A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz, estão entre as estantes. Uma biografia de frei Bartolomeu dos Mártires, de 1850, também está na biblioteca.

Manuscrito único

 ( Paulo Paiva/DP/D.A.Press)
A única edição do livro Urtigas, de Carneiro Vilela, encontra-se no Gabinete Português de Leitura. A obra, do autor de A Emparedada da Rua Nova, foi escrita a mão entre os anos 1885 e 1900. Pesquisadores da obra de Carneiro Vilela de todo o país vêm até a biblioteca para consultar o manuscrito.

Estudo aberto

Além da biblioteca, uma sala de estudos é aberta ao público. O espaço tem capacidade para cerca de 50 pessoas, mas só recebe aproximadamente 20 visitantes por dia. Climatizada e com internet wifi liberada, a sala de estudos conta ainda com as edições diárias de jornais de Pernambuco e Portugal.

Histórias a contar

Obras que contam a história dos portugueses em Pernambuco são facilmente encontradas na biblioteca do gabinete. Nessas páginas do livro História dos 100 Anos da Câmara (Brasil-Portugal de Pernambuco), é possível ver propagandas de estabelecimentos de portugueses no Recife.

Piano no salão

 ( Paulo Paiva/DP/D.A.Press)
Apresentações musicais também acontecem no Gabinete Português de Leitura. Atrações locais e portuguesas passam pelo local com frequência. No ano passado, o cantor português Fernando Tordo apresentou o espetáculo Ary dos Santos -Recital comentado para um público de europeus e brasileiros.

Serviço:

Gabinete Português de Leitura de Pernambuco
Endereço: Rua Imperador Dom Pedro 2, 290, bairro Santo Antônio, Recife
Funcionamento: De segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Telefone: (81) 3224-2593
Site: www.gplrecife.com.br

Saiba Mais:

Em 1850, a comunidade portuguesa de Pernambuco decidiu criar um espaço para reuniões e comemoração de datas importantes para Portugal

No dia 3 de novembro de 1850, o Gabinete Português de Leitura de Pernambuco foi fundado em sessão solene no Teatro Apolo

Em 1851, a primeira sede foi instalada na Rua Cadeia, hoje Avenida Marquês de Olinda, no Bairro do Recife

A construção da sede atual, na Rua Imperador Dom Pedro 2, bairro de Santo Antônio, foi concluída em 1921

A revista Encontro é editada pelo Gabinete Português de Leitura desde 1983 para incentivar o intercâmbio literário luso-brasileiro

Fonte: Gabinete Português de Leitura de Pernambuco

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.