• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Centro de Convenções » Último dia de Conferência Municipal de Saúde termina em confusão

Publicação: 18/12/2013 21:24 Atualização:

O último dia da 11ª Conferência Municipal de Saúde foi marcado por tumulto na noite desta quarta-feira (18). O evento, realizado a cada dois anos para definir as ações da rede municipal para os próximos quatro anos, aconteceu nos últimos três dias no Centro de Convenções, em Olinda. Mas nesta noite um grupo de aproximadamente 40 pessoas, entre trabalhadores e usuários, realizou um protesto na frente do auditório onde a plenária acontecia.

Entoando "o sus é nosso", os manifestantes apontaram desrespeito no princípio de paridade durante as votações.  A confusão aconteceu por volta das 20h. Não foi necessária intervenção policial.

Para Carla Costa, de 25 anos, residente do Programa Saúde da Família, a conferência não respeitou o critério de paridade que determina que gestores, usuários e trabalhadores devem votar as ações da plenária. Ela também afirma que não houve divulgação ampla do evento para que a paridade fosse respeitada. A enfermeira e usuária do SUS Priscila Tamar argumentou que a plenária foi inconstitucional porque desrespeitou a Lei 8.142, de 1990, que diz que os espaços da conferência devem ter paridade e determina 25% para gestores, 25% para trabalhadores e 50% para usuários.

A versão dos trabalhadores foi rebatida pela superintendente de Atenção à Saúde do Recife, Camila Matos, e pelo coordenador do Conselho Municipal de Saúde, Wellington Carvalho. Segundo eles, toda a parte da paridade foi respeitada e houve credenciamento. Eles informaram que a plenária só poderia começar se esse critério fosse respeitado. Wellington Carvalho complementou dizendo que 572 delegados participaram da conferência, sendo 50% usuários da rede.

Os gestores também disseram que a conferência foi a finalização de um processo de três meses, período em que foram realizadas 18 plenárias menores.

Com informações da repórter Larissa Rodrigues, do Diario de Pernambuco


Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.