• (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Acidentes » Integrante de motoclube morre em acidente na PE-60 Outra motociclista ficou gravemente ferida. O acidente foi no município de Barreiros, na Mata Sul

Publicação: 06/10/2013 19:56 Atualização: 06/10/2013 20:32

Um acidente na rodovia PE-60, na manhã deste domingo (6), deixou um homem morto e uma mulher gravemente ferida. Os dois eram integrantes de motoclubes e participavam do evento Moto Fest 2013, em São José da Coroa Grande, que começou na sexta-feira (4).

De acordo com Roberto Maia, jornalista responsável pela cobertura do evento para a Revista Motoclubes, as vítimas estavam voltando em comboio de São José por volta das dez horas da manhã. "Eram quatro carros de apoio, três triciclos e cerca de dez motocicletas", conta. Na PE-60, no município de Barreiros, na entrada do Engenho Periquito, ocorreu o acidente.

De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), o motorista de uma caminhonete modelo S250 estava tentando uma ultrapassagem quando encontrou o grupo. A motociclista Waldete Menezes, presidente do Motoclube Mulheres no Asfalto, foi lançada por uma ribanceira após a batida. Ela ficou com ferimentos graves e precisou ser socorrida para o Recife e passa por cirurgia no Hospital da Restauração.

Após a colisão, o motorista, que ainda teria atingido de raspão outro integrate do motoclube, bateu de frente com a moto do funcionário público Ricardo Wellington Reis Monteiro, 48 anos, que morreu na hora. A motocicleta de Ricardo teria ficado presa na frente da caminhonete com o acidente. O motorista foi identificado como Roberto Hilton Granjeiro Xavier, empresário. Ele foi ecaminhado à Delegacia de Barreiros, onde estão também integrantes do clube e familiares da vítima, que fazia parte do MC Escorpiões do Asfalto.

Uma amiga de Ricardo comentou que eles costumavam participar de todos os eventos de motoclubes. "Nós sempre vamos para essas festas. Eu estava voltando de van que a gente aluga também para o pessoal que quer descansar, que quer beber. O pessoal que voltava de moto era quem não gosta de bebida e preferia voltar dirigindo, curtindo a estrada. Era o caso de Ricardo", lamenta Verônica Andrade, também motociclista.

Morte na mesma rodovia

Também na PE-60, outra pessoa morreu por volta do mesmo horário neste domingo. De acordo com o BPRv, o acidente ocorreu na entrada do Engenho Trapiche, no município de Sirinhaém. O motorista Bruno Rodrigues de Prado, de 29 anos, estava num carro tipo Fiesta, perdeu o controle da direção e caiu numa ribanceira. Morreu na hora. Populares informaram que a mulher dele, que também estaria no carro, teria ficado presa às ferragens, mas sobreviveu.

Informações não oficiais mostram relação entre os dois acidentes, indicando que o motorista da caminhonete que atingiu o motoclube estaria em fuga, após causar a queda do carro da ribanceira em Sirinhaém. O BPRv não confirma esta informação. A Delegacia de Barreiros está responsável pelas investigações.

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Robson Volpato
Assassino. Este é o adjetivo que lhe cabe bem, depois de ceifar a vida do meu irmão, um homem amado por todos os familiares e amigos. Exemplo de filho, irmão, pai, e amigo. São poucos na vida que têm a chance de conhecer gente como você. Obrigado Ricardo Welington Reis Monteiro, fica com Deus sempre | Denuncie |

Autor: marconi Gomes
O grande problema de acidentes desses emergente que consegue adquirir veículos possante: Não respeita ninguém, não existe policias trabalhando principalmente no fim de semana. Pista que velocidade permitida e 100 Km eles dirigem a 140,160 Kg, isto e na BR 232, 101. Verdadeiro assassino. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.