• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Violência » Médico é encontrado morto embaixo de uma ponte na PE-46 Maviael Menezes de Almeida estava desaparecido desde a madrugada da quinta-feira passada

Publicação: 02/07/2012 08:24 Atualização: 02/07/2012 13:31

Para os policiais, assassino do médico era conhecido da vítima e sabia sobre seus hábitos. Foto: Reprodução/GiroPE/Cortesia
Para os policiais, assassino do médico era conhecido da vítima e sabia sobre seus hábitos. Foto: Reprodução/GiroPE/Cortesia

O Departamento de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP) está investigando o assassinato do médico Maviael Menezes de Almeida, 52 anos, desaparecido desde a madrugada da quinta-feira passada. O corpo da vítima foi encontrado na tarde de ontem embaixo de uma ponte na PE-46, na estrada que liga os municípios de Barreiros e Palmares, entre os engenhos Coqueiral e Jundiá. O caso está sob responsabilidade do delegado João Brito, que já começou a ouvida de familiares.

Embora não queira dar detalhes para não atrapalhar o andamento das investigações, Brito afirmou que o médico deve ter sido assassinado por duas pessoas próximas a ele. De acordo com o que já foi apurado pela perícia, há indícios de agressão na casa de Maviael. "Isso não quer dizer que o crime tenha sido praticado na residência, mas certamente ele começou aqui", avalia o delegado com base nas manchas de sangue encontradas no quarto e no banheiro da casa. "O local foi muito bem lavado, mas ainda havia sinais localizados pelos peritos", completou.

O cadáver de Maviael apresentava vários ferimentos à faca, que foi encontrada no local, suja de sangue. Nas proximidades também foram deixados uma garrafa de uísque, um lençol e cordas. O médico vestia uma sunga de banho e uma camisa de malha. O que chamou a atenção dos policiais foi o relógio encontrado dentro da sunga da vítima, como se ele estivesse tomando banho e tivesse guardado o acessório. O carro dele, uma caminhonete Hillux, foi encontrado abandonado no distrito de Nossa Senhora do Ó, próximo a Porto de Galinhas, em Ipojuca.

Um vizinho de Maviael o viu sair com dois rapazes na madrugada da quinta-feira. A empregada doméstica esteve na casa do médico no domingo e fez uma limpeza no imóvel, localizado na Rua Santos Dumont, na Cohab II, centro de Palmares. No entanto, os peritos encontraram manchas de sangue no quarto e no banheiro. Nada da casa foi roubado. Nenhum familiar da vítima esteve no local do crime.

Maviael Menezes era filho do ex-deputado estadual e ex-prefeito dos municípios de Belém de Maria e Catende, Manoel Ramos de Almeida, e da ex-prefeita de Belém de Maria, Maria Menezes. Ele era servidor concursado da Secretaria Estadual de Saúde e atuava em vários municípios da Mata Sul.

Com informações do repórter Edson Araújo, da TV Clube

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.