• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Ressocialização Venda de artesanato fabricado por presos na Fenearte cresceu 40% O valor pulou de aproximadamente R$ 8,6 mil, em 2016, para R$ 12 mil neste ano

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 25/07/2017 21:25 Atualizado em:

Foto: Divulgação/Seres
Foto: Divulgação/Seres
A venda dos artesanatos fabricados por presos de Pernambuco na Fenearte cresceu 40% no comparativo dos últimos dois anos. O valor pulou de aproximadamente R$ 8,6 mil, em 2016, para R$ 12 mil neste ano, de acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres). 

No estante da Seres foram vendidos quase 180 itens, a maioria fabricados na Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco. O destaque ficou para o jogo e xadrez em madeira, mas muitos outros produtos estavam à venda, como telas, casas de boneca e banco-baú.

As pessoas que tiverem interesse em adquirir os produtos fabricados pelos artesãos do sistema prisional podem comprar nas lojas disponíveis no Paço Alfândega, no Bairro do Recife, e na Casa da Cultura, no bairro de Santo Antônio. De acrodo com a Seres, os valores arrecadados com a venda do artesanato é destinado aos artesãos.  



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.