• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Happy hour Para quem quer descontrair depois de um dia de trabalho O Pernambuco.com deu um giro pela cidade e escolheu três endereços que têm tudo para fazer você chegar um pouquinho mais tarde em casa

Por: Celso Ishigami - Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/06/2015 17:00 Atualizado em: 18/06/2015 18:53

Não é sempre que o fim do expediente é sucedido pelo retorno imediato ao lar. Para muitos, uma paradinha estratégica antes de chegar em casa é fundamental para colocar as ideias em ordem. E é pensando neste público que muitos bares elaboram estratégias específicas. Boa comida, música de qualidade, simpatia… Vale de tudo na disputa pela preferência de um perfil de cliente disposto a aproveitar o happy hour - seja para estreitar os laços com colegas de trabalho ou para investir um tempo naquela amizade distanciada pela rotina.

Proprietário do Giro Praia, em Boa Viagem, o empresário Luciano Lucena conta que, muitas vezes, o período representa um faturamento maior que o do almoço ou do jantar. “Quando vai chegando o fim de semana, principalmente. É um perfil de cliente muito específico, que está disposto a uma parada rápida para tomar uma cerveja e jogar conversa fora. E num momento como este que vivemos no país, isso é bem importante. Por isso, quando elaboramos o cardápio, pensamos em pratos que saiam rapidamente, mantendo um nível de qualidade diferenciado”, explica.

Os sócios do Azú Comedoria apostaram numa estratégia diferente. Aproveitando a privilegiada vista do Cabanga Iate Clube, o restaurante oferece uma sexta musical aos seus clientes durante o happy hour. O som fica por conta do jazz do Daniel Podsk Trio. “Ao invés de enfrentar aquele engarrafamento da hora do rush, nosso cliente pode dar uma parada aqui e aproveitar essa vista maravilhosa embalado por um bom jazz”, comenta a empresária Lou Melo.

Numa linha diferente, mas igualmente encantadora, a Venda de Seu Antônio, em Casa Forte, tem conquistado muitos admiradores com estrutura e atendimento aconchegantes. Coincidentemente, o cicerone responsável por receber os clientes é xará do personagem que dá nome do bar. “Eu vivo para atender e adoro o que faço. Não sei ser diferente”, conta Antônio. “Enfrentei uma depressão, que é uma coisa muito séria, e reencontrei a minha alegria aqui”, acrescenta.

Serviço:
Giro Praia
Rua dos Navegantes, 2277.
Boa Viagem
(81) 3467.5427

Azú Comedoria
Cabanga Iate Clube
Cabanga
(81) 3428.3436

Venda de Seu Antônio
Rua dos Arcos, 1745
Casa Forte
(81) 3268.0020



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.