Holanda Visitantes e moradores de cidades holandesas comemoram 'Dia do Rei' Feriado em comemoração ao aniversário da monarquia leva cerca de 1 milhão de pessoas às ruas de Amsterdã e outras cidades. Todas vestidas de laranja, a cor do país

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 27/04/2016 10:16 Atualizado em:

A cidade se prepara para receber os convidados para os festejos a céu aberto. Foto: Hollande Alliance/Divulgação
A cidade se prepara para receber os convidados para os festejos a céu aberto. Foto: Hollande Alliance/Divulgação

É curioso, empolgante e bonito. Em 27 de abril, é comemorado o Dia do Rei, na Holanda. A festa - uma das maiores a céu aberto do mundo - é uma tradição centenária que leva milhares de holandeses e visitantes às ruas de Amsterdã e outras cidades. Nem a monarquia britânica ganha uma festa tão animada.

O Dia do Rei é a data do aniversário de Willem-Alexander, primeiro soberano do sexo masculino em 123 anos. Caso o dia 27 seja um domingo, a comemoração é feita na véspera. É feriado nacional. Os súditos afirmam que essa é a maior festa de aniversário do mundo.

 Os súditos demonstram respeito, orgulho e alegria ao usar o laranja. Foto: Hollande Alliance/Divulgação
Os súditos demonstram respeito, orgulho e alegria ao usar o laranja. Foto: Hollande Alliance/Divulgação

Para a comemoração, todos se vestem com roupas na cor laranja. A cor nacional tem origem na casa Orange-Nassau, que inspirou a cor da bandeira e o lema da Holanda, (“eu manterei”). Os súditos demonstram respeito, orgulho e alegria ao usar o laranja não só nas vestimentas, mas onde a criatividade permitir: perucas, chapéus, pinturas pelo rosto, pelas fantasias ou máscaras. Não importam a idade ou origem, todos querem parabenizar o rei. A alegria é contagiante e, mesmo quem não está avisado ou acostumado com a espontaneidade dos nativos, fica à vontade para entrar na festa.

São programadas muitas atividades para marcar o dia. Pelas ruas e praças são instaladas centenas de barracas com comidas típicas para qualquer plebeu se fartar como um rei. Uma guloseima que não pode faltar é o tampouce — um doce feito com massa folhada com creme, decorada com casca de laranja. Produzido especialmente para o dia. O consumo é tão grande que as vendas superam em 600% o dia comum. Uma tradição são as feiras de pulgas tanto para adultos como para crianças. Todos podem vender ou trocar produtos.

Jovem
Nesse dia, Amsterdã fica lotada. É quase impossível caminhar nas ruas. As autoridades calculam que a população praticamente dobra. Mas quem prefere uma programação mais tranquila, pode visitar os museus da cidade, incluindo Van Gogh, Rijksmuseum e Anne Frank’s house. Sim, eles ficam abertos. Na noite anterior, pode visitar bares pubs. Algumas baladas viram a noite.

Família real: o aniversariante, Willem, e a rainha Máxima, com Amalia, Alexia e Ariane. Foto: Hollande Alliance/Divulgação
Família real: o aniversariante, Willem, e a rainha Máxima, com Amalia, Alexia e Ariane. Foto: Hollande Alliance/Divulgação

A Holanda é uma monarquia jovem. O rei, Willem-Alexander, fará 49 anos. Assumiu após a mãe, Beatrix, abdicar em 2013. A monarquia tem poderes limitados. O rei tem imunidade, mas o poder real está nos ministros. O monarca é neutro, não pode se pronunciar sobre assuntos políticos. Casado com a argentina Máxima Zorreguieta, naturalizada holandesa, Willem tem três filhas: Amalia, Alexia e Ariane.

» Para saber mais

Suas províncias
O nome oficial do país é reino dos Países Baixos, que reúne 12 províncias. Duas delas — Holanda do Norte e Holanda do Sul — formam a Holanda. A partir do século 17, as províncias passaram a ser conhecidas pelo nome atual, para simplificar a localização e principalmente por causa do poderio econômico e do movimento marítimo da região.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.