Rio de Janeiro Comunidade vibra de alegria na quadra da Mangueira

Por: Agência Brasil

Publicado em: 06/03/2019 21:33 Atualizado em:

A Estação Primeira de Mangueira é a grande campeã do carnaval carioca - Tânia Rêgo/Agência Brasil
A Estação Primeira de Mangueira é a grande campeã do carnaval carioca - Tânia Rêgo/Agência Brasil

Nem todos os quesitos haviam sido apurados, mas na quadra da Mangueira a multidão já vibrava aos gritos de "é campeã". A confirmação do título da Mangueira fez explodir de alegria moradores e integrantes da verde e rosa, que lotaram a quadra da escola e cantaram “a campeã voltou”, enquanto esperavam o troféu.

Com o enredo "História para ninar gente grande", o carnavalesco Leandro Vieira levou à Marquês de Sapucaí heróis populares da história brasileira, como índios e negros, pouco lembrados. Destacou os movimentos liderados por índios e negros em defesa da liberdade e da preservação de seus valores, como a Revolta dos Malês, na Bahia, e a Guerra Guaranítica, no Rio Grande do Sul.

Clique aqui para ver as fotografias que marcaram o desfile da Mangueira no Sambódromo na madrugada de ontem (5).

No desfile, a escola homenageou seus grandes nomes, como o intérprete José Bispo Clementino dos Santos, o Jamelão, e a cantora Leci Brandão. Os mangueirenses Nelson Sargento e Alcione representaram na avenida Zumbi dos Palmares e Dandara.

Entre os homenageados pela Mangueira estava a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), assassinada em março do ano passado, ao lado do motorista Anderson Pedro Gomes. Além de ser citada no samba-enredo, Marielle foi homenageada em uma das alas, com bandeiras com o seu rosto estampado.

O carnavalesco Leandro Vieira resumiu o sentimento da "nação Mangueira". "Estes homens e estas mulheres aqui são os heróis do meu enredo que merecem sempre ser exaltados. Aqui mora o que tem de melhor neste país."



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.