Câmara Na Câmara, PSol protesta contra polêmica de candidaturas laranjas do PSL

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 20/02/2019 10:29 Atualizado em:

O ato é uma crítica à polêmica envolvendo o desvio de verbas públicas para o financiamento de candidaturas laranjas no estado de Pernambuco, durante as eleições de 2018, e que culminou na demissão do ex-Secretário-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. Foto: Ed Alves/CB/D.A Press
O ato é uma crítica à polêmica envolvendo o desvio de verbas públicas para o financiamento de candidaturas laranjas no estado de Pernambuco, durante as eleições de 2018, e que culminou na demissão do ex-Secretário-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. Foto: Ed Alves/CB/D.A Press
Na manhã em que o presidente Jair Bolsonaro visita o Congresso Nacional para apresentar o texto da reforma da previdência, deputados da bancada do PSol fizeram uma manifestação nos corredores da Câmara dos Deputados. Vestidos com aventais de cor laranja, os parlamentares destribuíram laranjas para jornalistas e outros que passavam pelo São Verde, na manhã desta quarta-feira (20/2). 

O protesto é uma crítica à polêmica envolvendo o suposto desvio de verbas públicas para o financiamento de candidaturas laranjas no estado de Pernambuco, durante as eleições de 2018 — e que culminou na demissão do ex-Secretário-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, na segunda-feira (18/2). Em outubro, Bebianno era líder do PSL e um dos coordenadores da campanha eleitoral do presidente. 

Na quinta-feira (14/2), o PSol protocolou um pedido à Câmara para que Bebianno desse explicações à Casa sobre as acusações. Na terça-feira (19/2), o deputado federal Marcelo Freixo (PSol-RJ) anunciou em sua conta no Twitter que o partido havia solicitado a convocação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, para que ele também desse explicações à Câmara sobre o seu envolvimento em candidaturas laranjas, só que, dessa vez, em Minas Gerais. 

Em uma mensagem no microblog, Freixo citou uma reportagem da Folha de S Paulo, na qual uma ex-candidata do PSL afirma que Marcelo Álvaro sabia do esquema do partido para lavar dinheiro público.  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.