governo bolsonaro Ausência de vídeo elogioso em redes sociais de Bolsonaro incomoda Bebianno

Por: AE

Publicado em: 19/02/2019 08:54 Atualizado em: 19/02/2019 09:03

O agora ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência foi demitido do cargo nessa segunda-feira (18/2). Foto: Mauro Pimentel/AFP
O agora ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência foi demitido do cargo nessa segunda-feira (18/2). Foto: Mauro Pimentel/AFP
A demora para que o vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro faz elogios ao ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência seja colocado nas redes sociais irritou ainda mais Gustavo Bebianno, nessa segunda-feira (18/2), em que ele foi exonerado do governo, segundo uma fonte.

A divulgação do vídeo nas redes sociais, preferidas por boa parte dos eleitores de Bolsonaro, fazia parte do acordo fechado entre o presidente e o ex-ministro. Era uma questão de honra para Bebianno, que foi chamado de mentiroso pelo filho do presidente, o vereador no Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (PSC).

Até o início da manhã desta terça-feira (19/2), no entanto, o vídeo só tinha sido compartilhado por meio de aplicativos de mensagens.

Bebianno deve ficar em Brasília nos próximos dias. A um interlocutor, o ex-ministro teria dito que teme por sua segurança. Ele continua recebendo ameaças pelo WhatsApp e disse que já identificou algumas pessoas.

Nesta terça, ele deve se encontrar com o presidente do PSL, o deputado Luciano Bivar (PE).




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.