Mandato Paulo Câmara indica adversário do prefeito de Garanhuns como vice-líder do governo Sivaldo Albino (PSB) exercerá função de auxiliar do líder Isaltino Nascimento e do também vice Aglailson Victor, ambos também socialistas

Por: Cláudia Eloi - Diario de Pernambuco

Publicado em: 09/02/2019 09:00 Atualizado em: 09/02/2019 08:54

Cotado para ser o nome do PSB na disputa pela Prefeitura de Garanhuns em 2020 e concorrer contra o candidato do prefeito da cidade, Izaias Régis (PTB), o deputado estadual Sivaldo Albino (PSB) foi escolhido pelo governador Paulo Câmara (PSB) como vice-líder do governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco  (Alepe). 

Com uma bancada de 12 deputados, a maior na Assembleia, Sivaldo foi indicado como vice-líder para atuar na defesa do governo Paulo Câmara como representante de Garanhuns. Em seu primeiro mandato, o socialista exercerá o papel de defensor do governo ao lado do também vice-líder, Aglailson Victor (PSB), e do líder do governo Isaltino Nascimento (PSB). 

Por telefone, Sivaldo falou sobre a nova missão dada pelo Palácio do Campo das Princesas. "É uma honra chegar na Assembleia para assumir uma responsabilidade tão importante. Diante dos desafios que a gente tem, não é fácil com conjuntura do país e num momento de crise. Os desafios são enormes, mas chego para contribuir e aprender. Sobretudo fazer esse debate sobre o governo Paulo Câmara".

De acordo com ele, o governo do PSB em Pernambuco tem feito uma boa gestão. “Sabemos que o governo tem muito o que fazer, mas é muito importante dizer o que o governo já fez. Tem muito o que mostrar”, enfatizou.

Ao ser questionado pela reportagem se o cargo de vice-líder do governo não  seria uma estratégia do PSB para dar visibilidade ao mandato e reforçar o projeto de elegê-lo prefeito de Garanhuns na próxima eleição, Silvaldo evitou se posicionar. “Só falo sobre eleição de 2020 no momento oportuno de 2020. O que quero é aproveitar  a oportunidade dada pelo povo para exercer a missão dada por Paulo Câmara para que eu possa contribuir aqui em Garanhuns e no Agreste com a boa política para os pernambucanos”, afirmou. 

O prefeito de Garanhuns, Izaias Régis (PTB) demonstrou tranquilidade sobre a nova missão assumida pelo seu pontencial adversário em Garanhuns. "É uma questão da Alepe. O espaço existe (de vice-líder) e deve ser preenchido. No meu primeiro mandato de deputado estadual, em 2003, eu também fui vice-líder por ter sido o deputado mais votado de minha coligação. Sivaldo teve menos voto para deputado do que quando disputou para prefeito. Na de deputado ele teve 14 mil votos e ficou na suplência e na de prefeito recebeu 14,5 mil votos", afirmou o gestor.   

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.