prisão Nova condenação de Lula repercute entre políticos e congressistas

Por: Roberto Fonseca - Correio Braziliense

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 06/02/2019 20:22 Atualizado em: 06/02/2019 20:29

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet
A nova condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 12 anos e 11 meses de prisão repercutiu imediatamente entre a classe política. Aliados e adversários do petista comentaram a decisão da juíza Gabriela Hardt de considerá-lo culpado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro referente a obras realizadas por empreiteiras no sítio de Atibaia (SP), no valor de R$ 1 milhão, que seriam, segundo o Ministério Público Federal,  propinas pagas pelas construtoras.

Ferrenha adversária de Lula, a deputada federal  Joice Hasselmann (PSL-SP) celebrou a decisão. "É um Brasil novo, um Brasil diferente, onde o poder político não se dobra", afirmou a congressista em vídeo publicado nas redes sociais. "Vou agora para o plenário pedir um aparte para poder comemorar com os parlamentares que pensam no Brasil essa excelente notícia", emendou. "Nós acabamos de ter mais uma sinalização da Justiça brasileira que o Brasil está deixando o paraíso para corruptos que dilapidam o patrimônio público", disse o líder do PSL no Senado, major Olímpio (SP), em vídeo distribuído no WhatsApp.

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o senador Humberto Costa (PT-PE) saíram em defesa do petista. "A sanha persecutória a Lula parece não ter fim", afirmou Costa. "Uma segunda condenação a jato foi proferida, exatamente quando cresce a possibilidade de Lula ser Nobel da Paz. Na memória do povo e na história, Lula será sempre maior do que seus carrascos", comentou Gleisi.

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos fundadores do Movimento Brasil Livre, publicou uma foto com a condenação do ex-presidente. "Vai passar a aposentadoria na cadeia", escreveu. 

Veja algumas das manifestações vias redes sociais:

LULA CONDENADO A MAIS 12 ANOS DE CADEIA! pic.twitter.com/AdVRiAmb66

— Joice Hasselmann (@joicehasselmann) 6 de fevereiro de 2019

É escandaloso que, às vésperas de o STF se debruçar novamente sobre a aberrante abolição do princípio da presunção de inocência, o juízo de 1ª grau se precipite para condenar, pela 2ª vez, um homem que já é vítima de prisão política. A sanha persecutória a Lula parece não ter fim

— Humberto Costa (@humbertocostapt) 6 de fevereiro de 2019

A perseguição a Lula não para. Uma segunda condenação a jato foi proferida, exatamente quando cresce a possibilidade de Lula ser Nobel da Paz. Na memória do povo e na história, Lula será sempre maior do que seus carrascos#LulaLivre

— Gleisi Lula Hoffmann (@gleisi) 6 de fevereiro de 2019

Vai passar a aposentadoria na cadeia. pic.twitter.com/uzQTmBsF4u

— Kim Kataguiri (@kimpkat) 6 de fevereiro de 2019

Continua a perseguição: substituta de Moro condena Lula de novo, por um sítio que não é dele: 12 anos e 11 meses!

— Rui Falcão (@rfalcao13) 6 de fevereiro de 2019


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.