Vice-presidente 'Eu sou um cara legal, pô', diz Mourão sobre críticas de Bannon

Por: AE

Publicado em: 06/02/2019 19:33 Atualizado em:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Após ser alvo de críticas do ex-assessor de Donald Trump, Steve Bannon, e do escritor Olavo de Carvalho, ambos próximos dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão disse que quer evitar o atrito, mas que "é lógico" que considera as afirmações contra ele injustas. "Eu sou um cara legal, pô", disse em tom bem humorado.

Ao ser questionado especificamente sobre as críticas de Bannon, Mourão destacou que ele não é mais assessor de Trump. "Não vou entrar em atrito com Steve Bannon", reagiu. Para Olavo de Carvalho, Mourão desejou "um feliz 2019".

Bannon é persona non grata na Casa Branca, e idealizador do grupo O Movimento, que promove a ascensão da extrema-direita pelo mundo. Em entrevista à Folha de S. Paulo, o ex-estrategista afirmou que Mourão "é desagradável, pisa fora da sua linha". "Até onde sei, o presidente Bolsonaro não lhe atribuiu responsabilidades e parece que foi uma decisão sábia", afirmou Bannon.

Olavo de Carvalho, por sua vez, elevou o tom contra Mourão nos últimos dias através de diversas publicações em redes sociais. Ele o chamou de "charlatão desprezível" e o acusou de estar "em guerra" contra o presidente Jair Bolsonaro. Ontem, Olavo disse que cessaria as críticas enquanto "ele se abstiver de falar contra os ideais que o elegeram".



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.