Oposição Bolsonarista, Marco Aurélio assumirá liderança da oposição na Assembleia Legislativa Deputado também é ligado ao grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB)

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 31/01/2019 16:48 Atualizado em: 31/01/2019 17:23

Foto divulgada pela Câmara do Recife e Assembleia Legislativa
Foto divulgada pela Câmara do Recife e Assembleia Legislativa
 
A deputada estadual Priscila Krause (DEM) abriu mão, nesta quinta-feira (31), de ser a líder da oposição na Assembleia Legislativa. Quem ocupará o cargo é o deputado estadual Marco Aurélio (PRTB), que vai assumir o primeiro mandato nesta sexta-feira. Nos bastidores, segundo parlamentares de outros partidos, Priscila fez o gesto porque ele se recusou a retirar a candidatura e isso terminaria causando um racha na oposição. Marco Aurélio é um dos principais defensores do presidente Jair Bolsonaro em Pernambuco. É dele a proposta de título de cidadão para o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB).

Priscila Krause soltou uma nota para falar sobre o assunto, sem citar as polêmicas. “Em decorrência do início dos trabalhos da 19ª Legislatura da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) amanhã (1º), venho a público anunciar que, a partir do diálogo e da busca incessante pelo consenso, ficou definido que o deputado estadual eleito Marco Aurélio (PRTB) será o líder da bancada de oposição na Casa nesse primeiro exercício do nosso mandato”, disse ela em um trecho.
A deputada estadual vinha sendo cotada para liderar o bloco oposicionista desde o ano passado. O deputado Silvio Costa Filho (PRB), que ocupou o cargo nos últimos anos, tinha dito, em dezembro, que ela era o nome que mais agregava e simbolizava essa nova fase oposicionista. 

“Para esse novo momento de Pernambuco, representado por um governo de continuidade com claras deficiências que precisam ser enfrentadas, Marco Aurélio reúne condições de manter a unidade política do nosso grupo, celebrada na eleição de 2018, além de apresentar qualidades como garra, coragem e disposição para, junto com a bancada, representar legitimamente os anseios de milhões de pernambucanos. Num grupo amplamente composto por deputados estreantes, justo que nesse primeiro momento tenhamos um deles representado na liderança”, completou Priscila, evitando polemizar.

Segundo a deputada, após essa decisão, ficou definido “um sistema de revezamento no posto, no intuito de representar de forma mais plural possível o nosso conjunto, tenho convicção que o diálogo e a unidade prevaleceram, posto que devem sempre ser elementos basilares da nossa atuação. No exercício do debate democrático que, por estrito respeito ao eleitor, tem marcado de forma linear minha atuação em cargos eletivos há 14 anos, jamais me distanciei dessas premissas, evitando sobrepor projetos pessoais aos objetivos da coletividade”.

Priscila Krause acrescentou que será líder do DEM na Assembleia Legislativa. “Nesse primeiro tempo, ocuparei a liderança do Democratas na Assembleia Legislativa, posição que possibilitará a continuidade do nosso trabalho de proposição de ideias e acompanhamento diário e responsável das atividades do Poder Executivo, bem como “no âmbito partidário “oportuniza condições de, ao lado do nosso líder e presidente estadual Mendonça Filho, trabalhar o fortalecimento do nosso partido em todo Pernambuco.

O novo líder – Marco Aurélio vai renunciar ao mandato de vereador e quem vai ocupar o seu lugar, nos próximos dias, é Samuel Salazar (PRTB). Além dele, a vereadora Marília Arraes (PT), os vereadores Wanderson Florêncio (PSC) e Romero Albuquerque (PP) vão deixar a Câmara Municipal do Recife. Marília assumirá amanhã o cargo de deputada federal, eleita com 193.108 votos. Já Wanderson e Romero foram eleitos, respectivamente, com 24.971 29.262 votos. No lugar de Marília, entra João da Costa (PT), ex-prefeito do Recife. Goretti Queiroz (PSC) Wilton Brito (PP) também são suplentes e assumem os cargos, respectivamente, com a saída de Wanderson e Romero. A posse dos vereadores suplentes não tem dia marcado ainda, mas será em breve. Nesta sexta-feira, haverá reabertura dos trabalhos da Câmara do Recife, com a presença do prefeito Geraldo Julio (PSB). 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.