saída Renúncia de Jean Wyllys ao mandato é publicada no Diário Oficial da Câmara

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 29/01/2019 12:29 Atualizado em:

Foto: Mauro Pimentel/AFP
Foto: Mauro Pimentel/AFP
A desistência do deputado Jean Wyllys (PSol) em assumir o terceiro mandato como deputado federal foi oficializada, nesta terça-feira (29). A denúncia dele ao cargo foi publicada no Diário Oficial da Câmara.

Alvo de ameaças de morte, o parlamentar decidiu sair do país e não retornar ao território nacional para exercer as funções no parlamento. A desistência foi publicada junto com carta com explicações sobre o motivo.

No lugar dele, assume o suplente, David Miranda, jornalista que se destacou na época em que o ex-técnico de segurança da Cia Edward Snowden revelou que o Brasil e diversas nações do mundo do mundo foram espionados pelos Estados Unidos.

O monitoramento de autoridades e empresas públicas ocorreu por meio de programas de computador que interceptaram ligações e mensagens de e-mail, como o software Prisma, um dos mais usados.

David promete fortalecer a oposição na casa legislativa. Ele defende pautas como direitos humanos, por ter acompanhado a violação de direitos fundamentais durante sua infância em adolescência, já periferia do Rio de Janeiro. O parlamentar também destacou que vai apresentar projetos relacionados aos direitos da comunidade LGBT.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.