Novo governo Com posse de Bolsonaro, taxa de ocupação de hotéis em Brasília já está em 70% Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, a previsão é de que a Esplanada dos Ministério receba de 250 até 500 mil pessoas para a festa

Por: AE

Publicado em: 30/12/2018 11:32 Atualizado em: 30/12/2018 11:37

EM
EM
A posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro, no dia 1º de janeiro está aquecendo a rede hoteleira de Brasília nesta virada de ano. A taxa de ocupação dos hotéis da cidade teve um aumento significativo nos últimos dias e já está em 70%, podendo chegar a 90%, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-DF). Os números são muito superiores à media para o período, que é de 20%.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, a previsão é de que a Esplanada dos Ministério receba de 250 até 500 mil pessoas para a festa da posse de Jair Bolsonaro. O evento começa às 14h45, com desfile do cortejo presidencial da Catedral Metropolitana de Brasília até o Congresso Nacional. A sessão solene da posse no Congresso está marcada para as 15 horas. 

O gerente operacional do grupo que abrange Brasília Palace Hotel Manhattan Plaza, Kubitschek Plaza e ST Paul, Daniel Bernardes, disse que, normalmente as pessoas reservam em cima da hora, mas, com as notícias de que a posse seria concorrida, a procura por quartos aumentou mais cedo. "Na média dos quatro hotéis, a ocupação já está em 70%", disse.

Bernardes explicou que houve também muita demanda do Itamaraty para bloqueio de quartos. "Como há uma mudança mais ampla de governo, o ministério acabou pedindo mais quartos do que em posse anteriores. Alguns chefes de Estado já estão confirmando a vinda para Brasília". 

"Vai ser uma boa posse. Já ficamos felizes, já ficamos preocupados, mas no final das contas vão ser dois dias interessantes para a rede", comentou Bernardes. "Normalmente já teria dado férias para a maioria da equipe, de dezembro a fevereiro. Com a posse, as férias passaram para janeiro", contou o gerente. Segundo ele, a busca é maior por quartos mais simples, dentro de categorias mais em conta. Ele disse ainda que neste ano, há menos reservas de apartamentos de luxo, com quarto e sala.

Outros hotéis, como Cullinan, Athos Bulcão, Vision, Fusion e Saint Moritz, que falaram com a reportagem, também já estão praticamente lotados, indo de 81,47% a 94,03% dos leitos ocupados no dia 31 de dezembro e de 69,58% a 77,17% no dia seguinte.

fonte: Estadão Conteudo











Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.