Nomeação Moro anuncia general Guilherme Theophilo para Secretaria de Segurança Pública Teophilo concorreu nas eleições deste ano ao cargo de governador do Ceará pelo PSDB. Antecipando-se a questionamentos sobre o critério de definição, Moro destacou que o general da reserva já se desfiliou do partido

Por: AE

Publicado em: 04/12/2018 13:40 Atualizado em:

Foto: Raimundo Valentim/ TJ-AM/ Flickr
Foto: Raimundo Valentim/ TJ-AM/ Flickr
O futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, anunciou mais dois nomes na composição do Ministério da Justiça. O secretário-executivo do ministério será o delegado da Polícia Federal Luiz Pontel, que investigou o caso Banestado na década passada. Para a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), o indicado foi o general da reserva Guilherme Teophilo.

Teophilo concorreu nas eleições deste ano ao cargo de governador do Ceará pelo PSDB, e foi derrotado nas urnas. Antecipando-se a questionamentos sobre o critério de definição, Moro destacou que o general da reserva já se desfiliou do partido. "Não foi indicação política", disse Moro.

O primeiro nome cotado para a Senasp era o do general da reserva Claudio Santos Cruz, mas ele terminou sendo escolhido pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, para a Secretaria de Governo, com status de ministro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.