fusão Bolsonaro: 'Sou favorável à fusão Embraer e Boeing, se não Embraer desaparece' Com o governo tendo a chamada "golden share", ação que garante poder de veto na venda da companhia, a gestão dará prosseguimento à fusão das duas empresas

Por: AE

Publicado em: 30/11/2018 13:18 Atualizado em:

Foto: José Cruz/Agência Brasil
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Em meio às negociações para fusão da Embraer com a Boeing, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou que seu governo dará aval para o acordo e seguirá com o processo. "Sou favorável a ela (à fusão). Entendo que a Embraer, se continuar solteira como está, a tendência é desaparecer", disse, após participar de uma formatura de sargentos na Escola de Especialistas de Aeronáutica em Guaratinguetá (SP), no Vale do Paraíba.

Com o governo tendo a chamada "golden share", ação que garante poder de veto na venda da companhia, a gestão dará prosseguimento à fusão das duas empresas, disse Bolsonaro.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.