ministério Moro se reúne com Bolsonaro nesta quinta e deve aceitar convite O juiz deve comandar um 'superministério' que irá controlar, entre outras coisas, a Polícia Federal

Por: AE

Publicado em: 01/11/2018 08:16 Atualizado em:

Foto: AFP
Foto: AFP
O juiz da 13ª Vara Criminal de Curitiba, Sérgio Moro, responsável pela primeira instância da operação Lava Jato, se reúne nesta quinta-feira, dia 1º, com Jair Bolsonaro e seu vice, o general Hamilton Mourão, na casa do presidente eleito, no Rio. O encontro acontece três dias depois de Bolsonaro afirmar que pretende convidar o magistrado para assumir o ministério da Justiça. Segundo apurou a coluna Direto da Fonte, Moro vai comunicar que aceita o convite para assumir um Ministério da Justiça ampliado. A inclinação do juiz curitibano, diante da escolha de seu nome, foi claramente positiva.

No desenho esboçado pela equipe de Bolsonaro, o novo ministério da Justiça seria mais abrangente e incluiria a área de Segurança Pública - que tem sob seu comando a Polícia Federal -, mais a Secretaria da Transparência e Combate à Corrupção, a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.