Record Bolsonaro defende que 'arma de fogo garante a liberdade de um povo' Durante a entrevista, Bolsonaro ainda defendeu a venda de estatais "no que não for função do Estado"

Por: Agência Estado

Publicado em: 29/10/2018 22:19 Atualizado em:

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil (09/11/2016)
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil (09/11/2016)
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) defendeu a flexibilização da legislação relativa à posse de armas. Em entrevista à Rede Record, ele disse que a "arma de fogo garante a liberdade de um povo". 

"Queremos dar o porte definitivo à população. Não podemos criar mais um encargo para quem quer ter arma dentro de casa para defender sua família", afirmou, argumentando que dois terços da população decidiu ter o direito de comprar armas e munições em referendo popular de 2005. "Então temos que respeitar a vontade popular", complementou.

Durante a entrevista, Bolsonaro ainda defendeu a venda de estatais "no que não for função do Estado" e disse que muitas empresas do governo não dão resultado positivo porque são ocupadas por indicados políticos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.