novo governo Em entrevista à Record, Bolsonaro fala em Sérgio Moro para Ministério da Justiça Bolsonaro também cogita o juiz da Lava-Jato para o STF

Publicado em: 29/10/2018 19:17 Atualizado em: 29/10/2018 20:16

Foto: AFP
Foto: AFP
Em sua primeira entrevista exclusiva como presidente eleito, Jair Bolsonaro escolheu a Rede Record, emissora de TV do bispo Edir Macedo, um dos maiores apoiadores de sua campanha ao Planalto. Bolsonaro começou a entrevista adotando um tom moderado, afirmando que a "oposição é sempre bem-vinda" e que a "liberdade de expressão é sagrada". Diferentemente das últimas declarações em que se referiu aos eleitores do PT como "marginais vermelhos", que seriam "banidos da nossa pátria".  

Em seguida, o presidente eleito comentou sobre a sua futura equipe de ministros. Bolsonaro já tem quatro confirmados: Paulo Guedes, para o Ministério da Fazenda; Marcos Pontes, para o Ministério da Ciência e Tecnologia; Onyx Lorenzoni, para a Casa Civil e General Heleno, para o Ministério da Defesa. 

A novidade, no entanto, foi anúncio do juiz da Lava-Jato, Sérgio Moro, como um possível ministro da Justiça ou como magistrado no Supremo Tribunal Federal."Pretendo (contar com o) Moro não só pro Supremo, como para ministro da Justiça. Se houver interesse da parte dele, será uma pessoa de extrema importância no nosso governo", disse Bolsonaro.Ele ainda afirmou que estava "equivocao" sobre a ideia de ampliar o número de ministros no Supremo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.