Politica

Recurso da defesa de Lula é negado mais uma vez pelo STF

Segundo o ministro Celso de Mello, não é possível barrar a decisão porque o recurso apresentado sequer chegou efetivamente no STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, rejeitou nesta quinta-feira (6) o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que visava suspender a decisão da Justiça Eleitoral que barrou, na semana passada, a candidatura de Lula à Presidência da República nas eleições de outubro.

Como a campanha eleitoral está em curso e há a chance de a decisão do TSE ser derrubada, a defesa pedia urgência no efeito suspensivo da liminar, entendendo que Lula pudesse fazer todos os atos da campanha até que o processo de registro de candidatura fosse transitado e julgado.

Entretanto, não foi possível barrar a sentença porque o recurso apresentado sequer chegou efetivamente no STF, segundo Celso de Mello. Na decisão, o ministro negou o recurso por motivos processuais.

Lula cumpre pena de 12 um anos e mês por conta do caso do triplex no Guarujá, em São Paulo. Ele está preso desde o dia 7 de abril na superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

 

Leia a notícia no Diario de Pernambuco
Loading ...