ELEIÇÕES 2018 Lóssio vai apresentar ações para acessibilidade O candidato foi o primeiro a protocolar seu plano de governo no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE)

Por: Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/08/2018 07:56 Atualizado em:

Lóssio protocolou o seu plano de governo no TRE. Foto: Raquel Elblaus/Divulgação
Lóssio protocolou o seu plano de governo no TRE. Foto: Raquel Elblaus/Divulgação
O ex-prefeito de Petrolina e candidato ao governo do estado, Julio Lóssio (Rede), participa hoje, a partir das 14h, de um debate organizado pela Associação Pernambucana de Cegos, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife. Ele vai apresentar ações que fez em Petrolina para melhor a acessibilidade da pessoa com deficiência visual na época em que comandou a prefeitura e ouvir sugestões dos presentes. Lóssio lembra que, na sua gestão, inaugurou a primeira escola para cegos do Sertão, onde eles podiam aprender, entre outros pontos, a linguagem Braile, o Soroban, o Abaco, e orientações de mobilidade. Quando gestor do município, ele também teve um secretário-executivo de acessibilidade que trabalhou para que as ruas do Minha Casa Minha Vida fossem acessíveis, bem como outras vias que ainda seriam construídas.

“Eu comecei a trabalhar com deficientes visuais antes de ser prefeito de Petrolina. Eu ficava frustrado porque, quando cheguei na cidade, atendia a crianças e adultos que não tinha mais possibilidade dentro da medicina de recuperação visual e não tinha para onde encaminhar essas pessoas ou dar a elas uma esperança pós-visão. Então, criamos uma escola para cegos na época que fui prefeito. Depois disso, foi avançando em outras áreas, mas, na época, foi um marco”, lembrou. 

Ainda ontem, Lóssio foi o primeiro candidato a protocolar seu plano de governo no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE). Ele se reuniu com o presidente do Tribunal, Luiz Carlos Figueiredo, com membros da diretoria e conversou sobre os desafios das eleições deste ano, a exemplo de fake news e do encurtamento da campanha eleitoral. Julio Lóssio ainda tem uma dificuldade a mais porque seu partido, a Rede, tem apenas dois deputados federais e as emissoras não são obrigados a convidá-lo para debates com os adversários. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.