Eleições Militantes se mobilizaram para apoiar Paulo Câmara e Armando Os admiradores presentes estavam com camisas, bandeiras e tocavam música em apoio aos candidatos que têm maior estrutura de campanha

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 28/08/2018 16:42 Atualizado em: 28/08/2018 20:26

Foto: Peu Ricardo
Foto: Peu Ricardo

 

Matheus Santos
Especial para o Diario

Cerca de 100 militantes estiveram presentes em frente à sede da Rádio Jornal, no bairro de Santo Amaro, ontem, durante a realização do primeiro debate de rádio entre os candidatos ao governo do estado. Os admiradores presentes estavam com camisas, bandeiras e tocavam música em apoio aos candidatos Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB), nomes que lideram as pesquisas. Também houve discussões políticas, mas nada que necessitasse de intervenção policial, já que, por prevenção, havia efetivo da Polícia Militar na localidade.

Os populares começaram a se aglomerar por volta das 9h, na Rua Capitão Lima e, com a iminência do início do debate, já ensaiavam coros de apoio a algum postulante ou tons de críticas aos adversários.Nas respectivas chegadas, os candidatos Armando Monteiro e Paulo Câmara tiveram os carros tomados em volta por apoiadores.

A tropa do PSB puxou coros como “Lula presidente, Paulo governador” e a do senador petebista ecoou vozes em tom crítico contra o atual gestor, afirmando que é “Paulo mentirinha” e que “a onda da mudança vai dominar Pernambuco”.

 

Durante o debate, do lado de fora do prédio, os militantes se mostravam aflitos em relação à disposição dos postulantes ao Palácio do Campo das Princesas. Para a estudante Victória Gabriela, apoiadora de Paulo Câmara, o atual governo deve continuar por mais quatro anos por conta do investimento na educação. “O governo auxiliou bastante os estudantes do ensino médio, com escola em tempo integral, mais recursos para as obras e ajustes na estrutura das escolas”, disse a jovem de 20 anos. Em contrapartida, Alisson Medeiros, de 28 anos, demonstrou confiança no projeto de Armando Monteiro.

“Em todo lugar que se anda, a gente vê o vento da mudança. Só não sente essa brisa quem quer ficar com o atraso. Eu mesmo quero avançar”, declarou o segurança.

Na saída, o governador Paulo Câmara, com o vidro do carro aberto, acenou para manifestantes, os quais tomaram volta do veículo com camisas, bandeiras e acessórios em amarelo, cor tradicional do PSB. O candidato Armando Monteiro desceu do carro e abraçou militantes na tentativa de se aproximar do eleitorado. Na sequência, deixou o local do primeiro debate entre os candidatos.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.