justiça STF envia inquérito de Serra para a Justiça Eleitoral Senador é acusado de receber propina e foi citado por executivos da Odebrecht durante depoimentos válidos em acordos de delação premiada

Por: Renato Souza - Correio Braziliense

Publicado em: 28/08/2018 15:58 Atualizado em: 28/08/2018 16:19

Serra é suspeito de envolvimento em irregularidades durante as obras do Rodoanel Sul. Foto: Reprodução / Flickr
Serra é suspeito de envolvimento em irregularidades durante as obras do Rodoanel Sul. Foto: Reprodução / Flickr

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, nesta terça-feira (28), que um inquérito que corre na Corte contra o senador José Serra (PSDB-SP) seja enviado para a Justiça Eleitoral de São Paulo. Serra é suspeito de envolvimento em irregularidades durante as obras do Rodoanel Sul.

 

Os ministros entenderam que existe indícios do pagamento de caixa 2 durante as obras. Por conta do entendimento do Supremo de que devem ficar na Corte apenas ações referentes ao mandato parlamentar, o processo do parlamentar foi enviado para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo, o que pode resultar em uma pena mais branda, caso a culpa fique comprovada.

 

Serra foi acusado de receber propina durante a realização das obras, quando ele era governador de São Paulo. As acusações contra ele foram feitas por executivos da Odebrecht, durante depoimentos válidos por acordos de delação premiada. 

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.