Eleições 2018 Dani Portela visita Suape, o lançamento do comitê de Marília Arraes e faz flertaço no Dona Lindu

Publicado em: 26/08/2018 20:10 Atualizado em: 26/08/2018 20:17

Candidata conversou com agricultores e afirmou que os direitos deles devem ser garantidos. Foto: Equipe Dani/Divulgação
Candidata conversou com agricultores e afirmou que os direitos deles devem ser garantidos. Foto: Equipe Dani/Divulgação

A candidata ao governo de Pernambuco pela coligação “A esperança não tem medo”, Dani Portela (PSOL) iniciou o dia de campanha com uma reunião com agricultores da região de Suape. Em companhia do candidato a deputado estadual Áureo Cisneiros, ela participou da assembleia de agricultores, próximo ao Engenho Tabatinga. No ato, muitos trabalhadores relataram situações de violência, com execuções de reintegração de posse de áreas cultivadas.

“Isso aqui é a vida de vocês. É onde estão os pais e os avôs de vocês, é ancestralidade. É direito ao território, que dinheiro nenhum vai poder tomar de vocês. Se a gente se juntar, ninguém pode nos derrubar”, afirmou Portela. Ela também lembrou das dificuldades estruturais vivenciadas pela comunidade e se solidarizou com os moradores.  “No nosso estado voltou a ter fome, a miséria está voltando. Várias doenças que já tinham sido erradicadas voltaram e isso é culpa desse governo que está aí, que não cuida das questões estruturais como saneamento básico e atendimento à saúde”, finalizou.

À tarde, Dani Portela participou do lançamento do comitê da candidata a deputada federal pelo PT, Marília Arraes. A visita foi um ato de solidariedade depois que Marília teve sua candidatura ao governo do estado retirada pelo Partido dos Trabalhadores, em prol de uma aliança com o PSB. “A chapa feminista do PSOL está inteira aqui, porque a gente entende que o que aconteceu com Marília foi uma violência e todas nós nos sentimos violentadas junto com ela. Violentadas quando a vontade da base, do povo, da maioria, não prevalece. Isso é muito duro para a democracia e é muito duro para nós”, disse Dani em discurso no lançamento.

Ainda na tarde deste domingo, Dani Portela, Gerlane Simões, Eugênia Lima, Ivan Moraes, Robeyoncé Lima, Carol Vergolino e Amanda Palha participaram de uma intervenção no Parque Dona Lindu chamada flertaço. Eles se sentaram de frente para a população e ouviram suas queixas, suas demandas e puderam expor suas plataformas de ação.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.