Eleições 2018 Para Paulo Câmara, volume da atual campanha garantirá vitória como na última eleição Em tom de parceria com Lula, caso sejam eleitos, governador promete bons tempos nos próximos anos

Publicado em: 26/08/2018 19:17 Atualizado em: 26/08/2018 19:42

Candidato à reeleição, o governador Paulo Câmara compareceu ao comitê de Danilo Cabral, que quer renovar mandato no congresso. Foto: Andrea Rego Barros/Divulgação
Candidato à reeleição, o governador Paulo Câmara compareceu ao comitê de Danilo Cabral, que quer renovar mandato no congresso. Foto: Andrea Rego Barros/Divulgação
Após percorrer o Sertão do Araripe e o Agreste Meridional, a chapa majoritária da Frente Popular, de volta à capital pernambucana, participou, na manhã deste domingo (26), da inauguração do comitê do deputado federal Danilo Cabral. Na ocasião, o candidato à reeleição, o governador Paulo Câmara (PSB), descreveu o sentimento positivo que sente vindo do povo, enquanto roda o Estado. “O cenário é muito favorável para nós. É só ver tudo aquilo que estamos sentindo nas ruas, nos municípios, o volume da nossa campanha. Estou vendo em 2018 um repeteco que a gente teve em 2014: muita gente animada, querendo que Pernambuco continue na frente”, assegurou. O governador afirmou ainda que sente, nas suas andanças nesta campanha, que o povo quer fazer o Brasil voltar a ser feliz, elegendo o presidente Lula.

Além disso, o socialista destacou os esforços da sua gestão para manter o Estado de Pernambuco em pé, mesmo diante da crise que se alastrou pelo País nos últimos anos e da esperança que se renova no seu segundo mandato. “Vamos fazer o que a crise não deixou e, com Lula, vamos fazer muito mais. Essa turma que está aí, a Turma de Temer, tirou conquistas do povo, diminuiu direitos trabalhistas e reduziu ainda orçamentos na Saúde e Educação. E só não reduziu investimentos na Segurança, porque quem investe somos nós, governadores. Por isso, estamos há oito meses seguidos com redução de homicídios e roubos e vamos fechar o ano com taxas compatíveis com o melhor momento do Pacto pela Vida. Vamos continuar trabalhando por mais segurança e paz”, cravou.

Participou do ato o prefeito da cidade do Recife, Geraldo Julio (PSB), que também opinou sobre o momento pelo qual passa a nação. “Venho aqui hoje falar que está na hora da gente fazer uma grande mudança nesse país. Tirar a turma de Temer que já fez tanto mal ao Brasil, mas que não vai tomar conta de Pernambuco, porque o povo não vai deixar”, explicou. Para o prefeito, mesmo enfrentando a perseguição de Temer, Paulo Câmara fez Pernambuco ter a melhor Educação Pública do país. “Imaginem o que Paulo vai fazer com Lula em Brasília”, argumentou.

Humberto Costa (PT), candidato à reeleição como senador na chapa da Frente Popular, lembrou os efeitos do retrocesso pelo qual o Brasil passou nos últimos anos. “O Brasil está mais pobre, políticas sociais foram desmontadas. Tentaram acabar com a soberania do nosso país, levando o Brasil a viver momentos que achamos que nunca mais viveria. Vamos voltar a ter momentos mais férteis. E vamos ter um gestor com a qualidade, a competência e o pulso firme de Paulo Câmara, que já deu demonstração que sabe administrar bem”, apontou.

Luciana Santos (PCdoB), que será a primeira vice-governadora de Pernambuco,  lembrou que Paulo Câmara liderou a resistência contra a privatização da Chesf no Nordeste, junto aos governadores. “Quando temos um governo que resiste, que mantém Pernambuco de pé, sabemos que estamos no rumo certo”, confirmou a candidata. O ato contou ainda com a participação de prefeitos, deputados e lideranças que querem manter Pernambuco na frente.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.