eleições Ciro: Por mais gratidão que tenham a Lula, ele está preso Questionado sobre a educação, o candidato do PDT destacou que uma de suas principais propostas é o ensino integral em 50% das escolas

Publicado em: 25/08/2018 12:09 Atualizado em: 25/08/2018 12:14

Foto: Arquivo/Agência Brasil
Foto: Arquivo/Agência Brasil

O candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, disse há pouco que "por mais gratidão que o povo tenha a Lula, ele está preso e condenado", em referência à liderança que o candidato do PT, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tem nas pesquisas de intenção de voto para as eleições deste ano. 

Sobre o foco do PT em manter Lula como candidato mesmo nas condições em que o petista se encontra, Ciro afirmou que "não adianta apostas na boa fé do povo". 

Questionado sobre a educação, o candidato do PDT destacou que uma de suas principais propostas é o ensino integral em 50% das escolas. 

Ciro está em um evento com militâncias das redes sociais e falou a jornalistas na entrada. Em relação ao tema do evento, voltado para Internet e mídias sociais, ele afirmou que um dos caminhos para fugir das "fake news" é desconfiar de tudo que é publicado. A ideia do pedetista também é ampliar o acesso à internet, algo que, segundo ele, já vem sendo trabalhado no Ceará, seu Estado. "Vou lançar o programa Mais Tablets e Menos Armas", enfatizou, que contrapõe a visão de um de seus concorrentes, Jair Bolsonaro (PSL), que fomenta o uso de armamento na área da segurança. 

Quanto ao cenário financeiro da população, Ciro destacou que dará um apoio especial aos negativados nos sistemas de proteção de crédito, como SPC, através de um "programa sério" de financiamento.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.