Pernambuco Maurício Rands aposta na articulação Candidato vem frisando que para Pernambuco dar um salto de qualidade para o futuro é obrigatoriamente necessário crescer os investimentos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 23/08/2018 08:59 Atualizado em: 23/08/2018 09:32

Foto: Nando Chiapetta/DP (Foto: Nando Chiapetta/DP)
Foto: Nando Chiapetta/DP
Líder do PT na Câmara Federal no segundo governo do ex-presidente Lula, Maurício Rands, candidato ao governo do estado pelo PROS, acredita que sua experiência no Congresso e no exterior, nas funções que acumulou nos últimos anos, será fundamental para estabelecer as pontes necessárias que resultem em parcerias e, consequentemente, recursos para Pernambuco.

O candidato vem frisando que para Pernambuco dar um salto de qualidade para o futuro é obrigatoriamente necessário crescer os investimentos. Segundo ele, isso se faz não só em Brasília, com quem detém o poder da caneta no governo federal, mas também com organismos internacionais. Com os estados cada vez mais reféns de recursos federais, o futuro governador de Pernambuco terá de negociar o destravamento de verbas para diversas obras que estão em andamento em território pernambucano. Um exemplo é a Adutora do Agreste, fundamental para distribuir a água que vem da transposição do Rio São Francisco e abastecer cerca de 2 milhões de pessoas em dezenas de municípios pernambucanos. Os recursos, porém, para dar andamento à obra - que tinha previsão inicial de conclusão em 2015 - vêm chegando à conta-gotas. É nesse tipo de situação que Rands acredita que pode atuar para destravar o repasse dos recursos e dar celeridade aos canteiros de obras no estado.

“Não sou um político convencional, mas sei lidar com a política. Se você andar comigo no Congresso vai ver a articulação que tenho. A Assembleia Legislativa tem deputados de cada região. Vou conversar com cada parlamentar, independentemente de bancada”, disse Rands, ontem, em entrevista ao programa da Geraldo Freire, na Rádio Jornal. “Tenho articulação nacional e com organismos internacionais. Conheço profundamente o povo de Pernambuco de conviver no meio do povo”, completou o candidato. Rands destacou que um dos pecados da atual gestão de Paulo Câmara foi justamente o que ele apontou como falta de articulação política. “Os pernambucanos estão dizendo que quase 60% não aprovam o jeito de governar do atual governador. Isso fala por si. Falta criatividade, falta diálogo, mais humildade e capacidade de articulação política”, comentou Maurício Rands.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.