Manifestação Moro: 'É melhor evitar (entrevistas), não tem a ver neste momento' O juiz Carlos Cerqueira Júnior, da 6ª Vara Cível e Comercial do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), proibiu em caráter liminar a realização da manifestação em defesa de Lula durante a palestra de Sérgio Moro, nesta quinta (23) em um shopping de Salvador

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 22/08/2018 21:32 Atualizado em:

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Salvador — Com protestos em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na frente do hotel onde está hospedado na capital baiana, o juiz federal Sérgio Moro participa de um jantar no III Simpósio Nacional de Combate à Corrupção, promovido pela Associação de Delegados de Polícia Federal. Em rápida conversa com a reportagem do Correio e jornalistas de outros veículos, na noite desta quarta-feira (22/8), Moro disse que tem evitado maiores exposições neste período eleitoral. “É melhor evitar (entrevistas), não tem a ver neste momento.”

O juiz Carlos Cerqueira Júnior, da 6ª Vara Cível e Comercial do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), proibiu em caráter liminar a realização da manifestação em defesa de Lula durante a palestra de Moro, marcada para amanhã em um shopping de Salvador. Cerca de 30 manifestantes pró-Lula portando cartazes em defesa do ex-presidente e contra o magistrado, entretanto, fizeram protestos na frente do hotel.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.