Candidatos Debate na tevê desta sexta terá Daciolo e púlpito vazio com nome de Lula O segundo debate presidencial deste ano vai ao ar às 22h, na Rede TV!

Por: Correio Braziliense

Por: Philipe Santos - Correio Braziliense

Publicado em: 17/08/2018 18:18 Atualizado em:

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Após se recusar a participar de sabatina na televisão, o deputado federal e candidato à Presidência pelo Patriota, Cabo Daciolo, confirmou que vai participar do segundo debate entre os candidatos ao Palácio do Planalto. O programa vai ao ar na noite desta sexta-feira (17), às 22h, na RedeTV!.

A emissora confirmou a participação do candidato. Pelas redes sociais, Daciolo disse que "para honra e glória do Senhor Jesus Cristo, estaremos hoje à noite, participando de mais um debate presidenciável. Obrigado a todos pelas orações. Sinto-me fortalecido em Deus e pronto para falar o que Ele colocar em meu coração”.
 
A dúvida sobre a participação dele se deu pelo presidenciável não ter comparecido a sabatina da TV Record, na última quarta-feira (15/8). No horário previsto para a sabatina, Daciolo fez uma transmissão ao vivo em seu Facebook dizendo estar em um monte e que só daria entrevistas no local. O candidato, porém, na mesma transmissão, disse que participaria dos debates.

No dia anterior, também por meio da rede social, o deputado fez uma transmissão afirmando que tentariam matá-lo para impedir que ele chegasse ao Palácio do Planalto e que, por isso, teria ido a um monte para jejuar e orar. “A estratégia que Deus nos deu é ficar nos montes orando. Por que, Daciolo? Porque eles vão tentar me matar, eles querem me matar. Mas aqui não toca, só com autorização divina”, explicou.

O cabo ficou ganhou destaque depois de participar do primeiro debate, na TV Bandeirantes. Na ocasião, ele leu a Bíblia e questionou Ciro Gomes (PDT) sobre um suposto plano de transformar a América Latina em uma única Nação — a União das Repúblicas Socialistas da América Latina, ou Ursal. Recebeu de Ciro uma resposta em tom de deboche: "Democracia é uma delícia, é uma beleza, mas ela tem certos custos".
 
Lula
A RedeTV! diz que também convidou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba após condenação em segunda intância. "Foram convidados nove candidatos, cujos partidos têm direito de participação nos debates: Lula (PT), Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT), Alckmin (PSDB), Alvaro Dias (PV), Henrique Meirelles (MDB), Boulos (PSol) e Cabo Daciolo (Patriota)."

A emissora diz que, além de Daciolo, sete deles tiveram participação confirmada, sendo que Lula depende de uma autorização da Justiça. No entanto, nessa quinta-feira (16/8), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vetou a participação do petista.
 
A rede de televisão também informou que "de acordo com as regras do debate, aprovadas por consenso pelos partidos e já apresentadas à Justiça Eleitoral, será mantido o púlpito do candidato que não comparecer ao debate. Tal candidato será excluído dos ciclos de perguntas e respostas, não podendo os candidatos presentes dirigirem perguntas ao candidato ausente", informou a emissora em nota.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.