Depoimento Ex-executivo da Odebrecht diz que doou R$ 23 milhões a Pezão O ex-executivo da Odebrecht também confirmou que fez pagamentos em caixa 2 ao presidente licenciado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani

Por: Agência Brasil

Publicado em: 15/08/2018 19:03 Atualizado em:

Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil
Foto: Fernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil
O ex-executivo da Odebrecht Benedito Júnior, conhecido como BJ, afirmou à Justiça que doou R$ 23 milhões em caixa 2 à campanha de Luiz Fernando Pezão. Segundo depoimento ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, a doação ocorreu em 2014, a pedido do então governador Sérgio Cabral.

Benedito Júnior falou que parte do recurso, 1 milhão de euros, foi paga no exterior e que o restante, R$ 20 milhões, no Brasil. Ele depôs, nesta quarta-feira (15), na condição de colaborador da Justiça.

O ex-executivo da Odebrecht também confirmou que fez pagamentos em caixa 2 ao presidente licenciado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, e para o deputado estadual Paulo Melo, ambos do MDB.

Procurado pela Agência Brasil para se posicionar sobre o depoimento, o governo do Rio respondeu em nota: "O governador reafirma que todas as doações foram feitas de acordo com a legislação eleitoral".



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.