Depoimento Alckmin chega à sede do MP-SP para depor sobre suposto caixa 2 O tucano entrou pela garagem do edifício e não concedeu entrevista

Por: AE

Publicado em: 15/08/2018 15:34 Atualizado em:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, chegou na tarde desta quarta-feira (15) na sede do Ministério Público de São Paulo, onde irá prestar depoimento no processo que investiga um suposto repasse de R$ 10 milhões em forma de caixa dois da Odebrecht para suas campanhas em 2010 e 2014.

O tucano entrou pela garagem do edifício e não concedeu entrevista. Ele irá depor ao promotor Ricardo Manuel Castro na companhia de seus advogados, José Eduardo Rangel Alckmin e Marcelo Martins Oliveira.

A investigação foi aberta em abril pelo MP-SP. Além de Alckmin, são alvos Adhemar César Ribeiro, cunhado do tucano, e o ex-secretário e ex-tesoureiro da campanha tucana de 2014, Marcos Monteiro.

Mais cedo, durante uma sabatina sobre educação, o ex-governador negou irregularidades em suas campanhas. "É dever de quem está na vida pública cotidianamente prestar contas. Vou esclarecer o que quiserem. As minhas campanhas sempre foram modestas e rigorosamente dentro da lei", disse.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.