ELEIÇÕES 2018 Bolsonaro defende superministério, sob alegação de que criação evitará conflitos 'É para não haver conflito. É igual quando se fala em Ministério do Meio Ambiente e Ministério da Agricultura. Há um conflito enorme', declara o político

Por: AE

Publicado em: 15/08/2018 12:16 Atualizado em:

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, voltou a defender uma de suas plataformas de governo, a criação de um superministério da Economia. O candidato participa na manhã desta quarta-feira, 15, na capital mineira de encontro com pastores e lideranças religiosas do Global Kingdom Partnerships Network. 

Na defesa de sua proposta, ele destacou: "É para não haver conflito. É igual quando se fala em Ministério do Meio Ambiente e Ministério da Agricultura. Há um conflito enorme."

Na terça-feira, os candidatos Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede), em horários diferentes, também se reuniram com os pastores na cidade. Outros candidatos à Presidência da República foram convidados, mas não confirmaram presença. 

Conforme a organização do encontro, a reunião de terça contou com a participação de cerca de 150 pastores de todo o País. Os religiosos, ainda segundo a organização do evento, reúnem cerca de 3 milhões de fiéis.

No evento desta quarta, o presidenciável do PSL defendeu também a desburocratização do processo de abertura de empresas no Brasil, criticando o elevado tempo que se gasta hoje. "Para abrir uma empresa leva mais de 90 dias. No meu entender não pode ser mais que dez. Tá na média mundial. Essa é a intenção nossa."

fonte: Estadão Conteudo


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.