Pernambuco Candidato Armando Monteiro exibe "contradições" Vídeo divulgado pela coligação Pernambuco Vai Mudar usa depoimentos antigos de Eduardo Campos, Lula, Geraldo Alckmin e Marília Arraes

Por: Rosália Rangel - Diario de Pernambuco

Publicado em: 14/08/2018 09:04 Atualizado em:

A coligação Pernambuco Vai Mudar, liderada pelo candidato do PTB ao governo do estado, senador Armando Monteiro Neto, divulgou, nessa segunda, um vídeo para cumprir a promessa do petebista que, na semana passada, afirmou que iria lembrar no decorrer da campanha os elogios feitos a ele por Eduardo Campos. Armando foi eleito para o Senado em 2010 na chapa encabeçada pelo ex-governador, que morreu em um acidente aéreo há quatro anos. Mas as declarações de apoio ao candidato não ficaram restritas ao ex-líder socialista. Também aparecem no vídeo o ex-presidente Lula (PT), a vereadora do Recife Marília Arraes (PT) e o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin.

O vídeo começa com texto e imagens mostrando que as pessoas podem divergir no gosto ao preferir o futebol, outras o volei, o mague beat ou rock pesado e que, na política, não é diferente com cada um defendendo a ideologia que acredita. Na sequência, uma rápida aparição de Jair Bolsonaro (candidato do PSL a presidente da República) e em seguida o governador Paulo Câmara (PSB) chamando Aécio Neves (PSDB) “de futuro presidente”.

O material mostra também “quem apostou” no voto pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) com imagens dos deputados federais socialistas Tadeu Alencar, Gonzaga Patriota e Danilo Cabral, declarando sim. A propaganda dá, ainda, uma alfinetada na postura de Paulo Câmara, que busca a reeleição, ao exibir uma matéria de jornal veiculada na época em que o governador liberou quatro secretários para participar da votação (contra Dilma) em Brasília.  

A última parte do vídeo, de um minuto, é dedicada à serie de depoimentos em favor do candidato do PTB. As palavras “competência, pernambucanidade, lealdade e espírito público” são destacadas por Marília Arraes, Eduardo Campos, e Lula. “Armando Monteiro está presente no que aconteceu de melhor em Pernambuco”, diz Eduardo em um frase resgatada de um vídeo exibido na propaganda eleitoral de 2014. “Armando é um grande quadro”, afirma Alckmin, enquanto Lula ressalta o nome do petebista para o governador do estado em um evento também da campanha passada. No final, o locutor fecha o vídeo com a frase: “Todos concordam que Armando Monteiro é o homem que vai mudar Pernambuco para melhor”.

O presidente do PSB estadual, Sileno Guedes, rebateu a acusação de que o governador Paulo Câmara (PSB) é responsável pela dificuldade que o país passa pelo fato do seu partido ter apoiado o impeachment de Dilma. De acordo com ele, o palanque da Frente Popular vai fazer a campanha olhando para o futuro. “A turma do presidente Temer se reuniu e juntou o que tinha de mais conservador no estado e na política de Pernambuco. A gente não está se preparando para a rinha, para um debate pequeno, rasteiro. Estamos preparados para falar do futuro de Pernambuco”, afirmou Sileno.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.