CORRIDA ELEITORAL Jarbas adere à vaquinha virtual em busca de recursos para campanha Cada pessoa que participa do financiamento coletivo pode doar até 10% de sua renda bruta relativa ao ano de 2017(com limite de R$ 2,7 mil)

Por: Aline Moura - Diario de Pernambuco

Publicado em: 08/08/2018 08:39 Atualizado em:

Foto: Nando Chiappetta/DP
Foto: Nando Chiappetta/DP
Em atrito com o MDB nacional, que tem a chave do cofre e comanda o fundo eleitoral do partido, o deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) foi o primeiro candidato ao Senado da chapa de Paulo Câmara (PSB) a lançar, ontem, a chamada vaquinha virtual, na intenção de arrecadar recursos para a campanha política. O sistema de arrecadação online permitirá que qualquer pessoa contribua com um candidato e será fiscalizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

“As regras das eleições mudaram e tivemos que buscar outros caminhos para nos ajudar. A arrecadação via internet é uma opção. No meu entender, quem entra no site e faz a doação mais do que recurso está depositando confiança”, disse Jarbas. Segundo a assessoria do presidente estadual do MDB, o vice-governador Raul Henry (MDB), não houve novidades sobre a chegada de recursos relativos ao fundo eleitoral para campanha do MDB pernambucano, mas Jarbas prometeu que denunciaria, caso houvesse retaliação do diretório nacional da sigla.

O MDB é comandado no país pelo senador Romero Jucá (RR), aliado do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB). Jucá recebeu o apoio da executiva nacional para fazer uma intervenção no diretório estadual, quis retirar o comando da legenda de Raul Henry e de Jarbas, mas a decisão continua pendente na Justiça. 

Cada pessoa que participa do financiamento coletivo pode doar até 10% de sua renda bruta, relativa ao ano de 2017, para um candidato. Isentos na declaração de Imposto de Renda, no entanto, só podem fazer doações até o limite de R$ 2,7 mil.

Os valores arrecadados são públicos, bem como o nome dos respectivos doadores. As doações podem ser feitas diariamente com valor máximo de R$ 1.064,00.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.