Eleições Prefeito do PSB diz que vota em Bruno Araújo para o Senado Bruno não tinha projeto de ser candidato ao Senado até o início deste mês, quando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli decidiu arquivar inquérito aberto contra ele

Publicado em: 11/07/2018 16:40 Atualizado em:

O prefeito de Ribeirão, na Mata Sul, Marcelo Maranhão, é o primeiro prefeito do PSB em Pernambuco a declarar apoio à candidatura de Bruno Araújo, PSDB, ao Senado caso ele decida entrar na disputa. “A sua relação republicana durante sua gestão no Ministério das Cidades que ajudou muito Ribeirão me leva a manifestar meu apoio”, afirma  o prefeito.

Bruno não tinha projeto de ser candidato ao Senado até o início deste mês, quando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli decidiu arquivar inquérito aberto contra ele. O tucano era investigado pelos crimes de corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro. A decisão foi assinada na sexta-feira (29) e divulgada na segunda-feira (2). 


O inquérito foi aberto em 2017 para apurar citações ao nome do parlamentar nos depoimentos de delação premiada de ex-diretores da empreiteira Obebrecht. Nos depoimentos, os delatores afirmaram que repassaram R$ 600 mil para as campanhas eleitorais de Bruno Araújo em 2010 e 2012. 
 
A decisão de Toffoli foi motivada por um pedido de arquivamento feito pela defesa de Bruno Araújo. Para o ministro, até o momento, não há indícios suficientes de provas para manter o andamento da investigação. 

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.