PARTIDO DOS TRABALHADORES Após imbróglio jurídico, PT retoma ofensiva digital e contrapõe Lula a Temer '"É muito triste que parte do patrimônio público, construído com muito sacrifício pelo povo brasileiro a partir da metade do século 20, esteja sendo vendido de forma irresponsável', disse comunicado do partido

Por: Agência Estado

Publicado em: 10/07/2018 13:03 Atualizado em:

Foto: Miguel Schincariol / AFP / Arquivo
Foto: Miguel Schincariol / AFP / Arquivo
Passada a polêmica jurídica em torno da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que marcou os últimos dias, o PT embarcou em uma nova ofensiva digital para alardear a pré-candidatura do petista. Embalada por temas que historicamente mobilizaram a militância, a sigla circulou na manhã desta terça-feira (10) uma mensagem de Lula na rede fazendo referências às privatizações, contrapondo o ex-presidente petista ao presidente Michel Temer. 

"É muito triste que parte do patrimônio público, construído com muito sacrifício pelo povo brasileiro a partir da metade do século 20, esteja sendo vendido de forma irresponsável, a preço de banana, para encobrir a ilegitimidade de um golpista, para abrir mão de qualquer soberania que um país precisa ter e consolidar o complexo de vira-lata que a elite brasileira sempre teve em relação aos EUA", diz a mensagem, postada no site do PT. "Podem ter certeza, vou ser candidato para, entre outras coisas, recuperar a soberania do povo brasileiro."

A mensagem é uma das que passaram a circular nas redes nesta terça-feira, sob a hashtag #recadodolula. No Twitter, foi acrescido de afirmações como a de que "nenhum país será grande se não pensar grande" e a de que Temer "vende o País em liquidação, sem se importar com o amanhã."


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.