Pré-candidato Alckmin anuncia Bacha na equipe de plano de governo Um dos formuladores do Plano Real na gestão Fernando Henrique Cardoso, Bacha é próximo a Persio Arida, que é o coordenador-geral do programa econômico do pré-candidato tucano

Por: Agência Estado

Publicado em: 17/05/2018 09:33 Atualizado em:

Edmar Bacha será responsável pelas propostas de comércio exterior ao longo da campanha de Alckmin
Foto: Reprodução / IBGE
Edmar Bacha será responsável pelas propostas de comércio exterior ao longo da campanha de Alckmin Foto: Reprodução / IBGE
O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à Presidência da República, vai anunciar nesta quinta-feira (17) em São Paulo os nomes dos integrantes da equipe que vai elaborar o plano de governo para a economia. A novidade é o economista Edmar Bacha, que será responsável pelas propostas de comércio exterior na campanha. 

Um dos formuladores do Plano Real na gestão Fernando Henrique Cardoso, Bacha é próximo a Persio Arida, que é o coordenador-geral do programa econômico do pré-candidato tucano.

O economista José Roberto Mendonça de Barros, que foi ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda entre 1995 e 1998, é outro que estará no time de Alckmin. O pré-candidato também já definiu os nomes que coordenarão o programa em outras áreas.

O empresário Luiz Felipe D’Ávila vai responder pela coordenação do plano no campo social. O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) aceitou colaborar com propostas para a educação. O anúncio faz parte da estratégia do presidenciável tucano de criar fato político para dar visibilidade à candidatura, que vem sendo contestada por aliados. 

Na mais recente pesquisa CNT/MDA, divulgada na segunda-feira (14) Alckmin apareceu estacionado em quarto lugar, com 5,3% das intenções de voto. 

Reservadamente, deputados tucanos reclamam que o ex-governador paulista tem se movimentado pouco pelo Brasil e está ausente da mídia. Para atrair eleitores nordestinos, Alckmin pretende lançar um plano específico para a região. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.