MPF Juíza nega nova prisão de ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza foi preso preventivamente em 6 de abril e libertado por Gilmar Mendes na última sexta-feira

Por: Agência Estado

Publicado em: 17/05/2018 08:44 Atualizado em:

Foto: Paulo Vieira de Souza / Facebook
Foto: Paulo Vieira de Souza / Facebook
A juíza Maria Izabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo, negou ao Ministério Público Federal (MPF) pedido de prisão preventiva do ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, apontado como operador do PSDB. 

Alvo da Operação Lava Jato, ele havia sido preso preventivamente em 6 de abril - e foi libertado pelo ministro Gilmar Mendes sexta-feira passada (11). O ministro também concedeu, em outra decisão, habeas corpus para que o interrogatório de Souza que ocorreria na segunda-feira (14) fosse suspenso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.