Pacificação Após eleições, todos devem unir-se pelo bem comum, diz Temer Para Temer, os atores políticos não devem se opor apenas por oposição, mas sim oporem-se com argumentos

Por: Agência Estado

Publicado em: 15/05/2018 18:59 Atualizado em: 15/05/2018 18:44

Segundo o presidente, o texto Constitucional é o que dá unidade à nação. Foto: José Cruz/Agência Brasil
Segundo o presidente, o texto Constitucional é o que dá unidade à nação. Foto: José Cruz/Agência Brasil

O presidente Michel Temer disse nesta terça-feira (15), que sempre trabalhou pela pacificação das várias correntes políticas que existem no País, e pediu que oposição e situação se entendam após as eleições. 

"Esse é um momento político-eleitoral, quando várias tendências se contestam e se testam. Mas, após a eleição, haverá um momento político-administrativo, quando todos deverão se unir pelo bem comum, tanto a oposição quanto a situação", avaliou. 

Para Temer, os atores políticos não devem se opor apenas por oposição, mas sim oporem-se com argumentos. "Espero que, logo depois das eleições, as pessoas apanhem essa concepção e pensem nos fatos políticos para o País. Não podemos ter brasileiros contra brasileiros", completou.

Segundo o presidente, o texto Constitucional é o que dá unidade à nação. "Nós somos autoridades constituídas. Então, quando se fala de abuso de autoridade, se fala do descumprimento de um preceito legal", acrescentou. 

Durante o balanço de dois anos de seu governo, Temer disse que ainda há muito a fazer nos próximos sete meses de mandato. "Se fizemos isso tudo em dois anos, podemos fazer em sete meses pelo menos um terço disso", concluiu.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.